Resumo do episódio #4.09 de This Is Us: “So Long, Marianne” (final de metade de temporada)

O nono episódio da quarta temporada de This Is Us é o especial de Ação de Graças dos Pearson na casa de Randall na Filadélfia, e quando achamos que a série não poderia ficar mais dramática do que já é, o desenrolar da história mostra que não vimos nem a metade do que está por vir ao trazer alguns dos momentos mais intensos da série e revelações do que o futuro reserva para alguns personagens.

Jack e Nicky

O episódio começa com um flashback de Jack (Joaquin Obradors) e Nicky (Donnie Masihi) ainda pequenos, escondendo-se do pai alcoólatra no porão. Anos depois, Nicky (Michael Angarano) espera Jack (Milo Ventimiglia) em frente à casa dos pais para um jantar de Ação de Graças do qual não faz muita questão de participar, ao que Jack sugere que eles celebrem a data de outra forma. É uma semana antes de Nicky partir para o Vietnã, e o feriado em questão sempre foi problemático para ambos, ao que os dois vão à um bar, onde Nicky ganha uma boa soma em dinheiro ao apostar contra o Cowboys, time de futebol americano favorito do pai. Os irmãos Pearson vão então à um restaurante onde comemoram a data com cinco quilos de camarão. No presente, um reabilitado Nicky (Griffin Dunne) não se sente à vontade de ir à Filadélfia, mas Kevin (Justin Hartley) insiste que ele está sendo aguardado com entusiasmo. Chegando lá, Nicky decide ir junto com Randall (Sterling K. Brown) e Annie (Faithe Herman) à antiga casa em New Jersey para buscar o chapéu de peregrino e alguns CDs que ficaram para trás, e depois de ver várias fotos de família na casa de Randall e constatar que as sobrinhas-netas nada sabem à seu respeito, ele acredita ter sido “apagado” da história pelo próprio irmão. Contudo, na volta para Filadélfia, Nicky decide tocar um dos CDs de Randall, e coloca So Long, Marianne, de Leonard Cohen. Randall menciona ser esta a canção favorita de Jack, e conta a história por trás da música, exatamente como Nicky, vários anos antes, contou à Jack.

Com a fé restaurada no irmão mais velho ao descobrir que nunca foi esquecido, Nicky decide trazer para a família a tradição do coquetel de cinco quilos de camarão, o que eventualmente aparece como tradição seguida à risca pelo adulto Jack Damon (Blake Stadnik) e sua esposa Lucy (Auden Thorton), tal como mostrado no flashforward. No final, Nicky pede à Kevin—o qual prometeu voltar com ele para a Pensilvânia—, que siga sua própria vida sem se preocupar com ele, e os dois assumem o compromisso de manterem contato.

Randall e Rebecca

Enquanto isso, Rebecca (Mandy Moore) continua chateada com Randall, e decide dar uma volta pelo bairro. Ela sai decidida à encontrar uma panificadora, mas acaba se distraindo com alguém parecido com uma versão mais jovem de William, pai biológico de Randall, o qual ela segue, e então descobre ser outra pessoa. Ela então vai à um mercado, e ao invés de comprar uma torta, compra flores, e perde o celular. Num restaurante chinês, ela entra em desespero ao não conseguir lembrar o número do telefone do filho ao descobrir ter perdido o celular, e é ajudada pela policia. A surpresa do segmento fica por conta do fato de que toda essa situação se passa no futuro, mais precisamente, no dia do aniversário dos irmãos Pearson em 2020, e Rebecca é finalmente levada pela policia à casa de Kevin, a antiga cabana da família, onde Kate (Chrissy Metz) e Miguel (Jon Huertas) a recebem ansiosos e tentam fazê-la se sentir confortável. É revelado que Kevin está noivo de alguém que não aparece em cena e que se encontra com enjoos matinais, bem como que ele não está mais se falando com Randall por algum motivo qualquer quando Rebecca pergunta quando este último vai chegar. No presente, Rebecca chega na casa de Randall com a torta, e depois dele pedir desculpas pela forma como a tratou, ela reconhece estar com problemas de esquecimento e que precisa de ajuda médica.

Nesse meio tempo, Shauna (Joy Brunson), mãe biológica de Déjà (Lyric Ross) aparece, e aliado ao fato de estar muito bem, mostra ter ótima relação com a filha, o que deixa Beth (Susan Kelechi Watson) preocupada até o momento em que Déjà conclui que a mãe precisou se separar dela para melhorar. Kate, por seu turno, considera seguir o conselho de Beth e dizer à Toby (Chris Sullivan) o quanto detesta seu novo estilo de vida saudável, mas reconsidera ao ver como ele é um ótimo pai para o bebê Jack. A coisa muda quando ela vê uma mensagem de outra mulher no celular de Toby consolando-o sobre a forma como é tratado por Kate.

Pontos Altos do Episódio:

  • Nicky e Kevin. É mesmo necessário repetir que eles são a melhor coisa na primeira metade da temporada? Ver um reabilitado e agradecido Nicky dizer à Kevin para viver sua vida já nos faz sentir saudades da dupla. É torcer para que Nicky volte o quanto antes!
  • Randall e Kevin. É revigorante depois das duas primeiras temporadas mostrando vários traumas passados entre os irmãos vê-los interagindo tão bem quando Randall se surpreende com um Kevin decidido à ter uma família. Uma pena saber que as coisas não irão durar muito considerando o flashforward que revela que os dois não estarão mais se falando.
  • Kate e Toby. É certo dizer que o casamento está fadado ao fracasso com tantas mentiras e segredos. Agora que Toby parece seguir à risca o que seus “amigos” de CrossFit lhe dizem para fazer, e que teria uma “amiga” à par de tudo o que se passa entre ele e Kate, o ponto de ebulição chegou ao máximo.

This Is Us retorna no dia 14 de janeiro de 2020, e é transmitida pelo canal NBC e pode ser conferida via Fox Premium.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios