Grey’s Anatomy: review quinta temporada

A quinta temporada de Grey’s Anatomy continua a trajetória de Meredith Grey e seus colegas cirurgiões no fictício Seattle Grace Hospital. Com vinte e quatro episódios transmitidos entre 25 de setembro de 2008 e 14 de maio de 2009, a temporada traz grandes reviravoltas amorosas para Izzy e Alex, bem como para Mark e Lexie, além de um dramático desfecho para George. Com uma surpreendente resolução envolvendo a saída definitiva da série de dois personagens principais, Shonda Rhimes, produtora e criadora da série, traz ainda novos rostos, como os de Owen Hunt e de Arizona Robbins, que chegam para estremecer a vida de Cristina e de Callie.

5x19-21

Depois de várias idas e vindas, Meredith (Ellen Pompeo) e Derek (Patrick Dempsey) finalmente passam à morar juntos e se tornam definitivamente um casal. Nesse cenário, Meredith encontra os diários de sua mãe, Ellis Grey (Kate Burton), e passa à conhecê-la melhor. Cristina (Sandra Oh), por sua vez, continua sua saga para conseguir grandes cirurgias cardíacas, e eventualmente se envolve com Owen Hunt (Kevin McKidd), um cirurgião militar com métodos nada ortodoxos que aparece no episódio de estreia, e que se torna personagem fixo à partir do sexto episódio da temporada. Depois do dramático desfecho com Rebecca (Elizabeth Reaser), Alex (Justin Chambers) se torna agressivo e passa à bater de frente com Izzie (Katherine Heigl) várias vezes ao longo da temporada até que os dois se reconectam romanticamente. Mark (Eric Dane) e Callie (Sara Ramirez) se tornam o melhor casal da série ao se transformarem em grandes amigos, quando então passam à confidenciar suas aventuras e desventuras amorosas, como quando ele se envolve com Lexie (Chyler Leigh), meia-irmã de Meredith, e ela descobre sua bissexualidade com Erica Hahn (Brooke Smith), embora ao final da temporada, com a saída de cena de Erica, acabe se apaixonando pela extremamente alegre e descontraída cirurgiã pediatra Arizona Robbins (Jessica Capshaw).

5x18-10

Entram ainda em cena, Sadie (Melissa George), melhor amiga de Meredith na faculdade que aparece como nova interna, bem como a cardiologista autista Virginia Dixon (Mary McDonnell), enquanto Miranda (Chandra Wilson) busca novos ares ao tentar trabalhar na ala pediátrica, para eventualmente ser promovida à médica plantonista. O ponto alto da segunda metade da temporada acontece quando Derek decide largar a carreira como neurocirurgião depois dos inúmeros óbitos de seus pacientes, enquanto Cristina é vitima de crises de transtorno de estresse pós-traumático da parte de Owen, e Izzy passa à alucinar com o falecido ex-noivo, Denny Duquette (Jeffrey Dean Morgan). Nesse cenário, quando Izzy descobre que as alucinações nada mais são do que consequência de um tumor do cérebro originário de um câncer de pele em estágio avançado, Cristina, única pessoa à quem ela confidencia sua condição, tenta convencê-la à lutar pela vida à despeito das mínimas chances de uma bem sucedida cirurgia que acaba sendo ministrada por um relutante Derek, que acaba fazendo as pazes consigo mesmo. Quando uma segunda cirurgia no cérebro de Izzy se faz necessária, ela e Alex se casam por impulso, e Meredith e Derek oficializam a própria união através de um post-it.

5x24-39

Encorajado por Lexie, George (T.R. Knight) confronta Richard (James Pickens Jr.), refaz o teste para residência e passa. Deslocado dos colegas residentes ao longo de toda a temporada com subtramas desinteressantes, é no entanto de George um dos desfechos mais trágicos da série, e que confere um dos finais de temporadas mais intensos e chocantes. Motivado por Owen, com o qual passa à atuar com frequência nos episódios finais, George decide se alistar como médico do exército, o que gera uma comoção geral de amigos e colegas para impedi-lo de partir para o Iraque. Contudo, desaparecido ao longo de todo o episódio final, George acaba se revelando como o misterioso paciente desfigurado que se atira em frente à um ônibus em movimento para salvar uma quase vitima de atropelamento. Sem saber que se trata de George, toda a equipe médica trabalha forte para salvar a vida do herói anônimo, mas ao final ele acaba morrendo pouco depois de conseguir com muita dificuldade revelar sua identidade à Meredith. Os instantes finais da temporada trazem ainda uma perda de consciência da parte de Izzy logo depois da segunda cirurgia para a remoção do tumor, e um reencontro emocionante entre ela e George no outro plano.

Além de contar com as participações especiais de Jeffrey Dean Morgan, Loretta Devine, Faye Dunaway, Kathy Baker, Amy Madigan, Hector Elizondo, Eric Stoltz, Samantha Mathis, Zach Gilford e Liza Weil, a quinta temporada de Grey’s Anatomy traz a presença da mãe de Derek, Carolyn (Tyne Daly), bem como de Archer (Grant Show), irmão de Addison (Kate Walsh), que também volta para o primeiro crossover da série com Private Practice. A temporada encerra com um grande gancho envolvendo a morte de dois grandes personagens—Izzie e George—e não deixa nada à desejar no que diz respeito ao tom novelesco das temporadas anteriores e o desenvolvimento dos personagens.

Grey’s Anatomy é transmitida pelo canal ABC, e pode ser conferida via Netflix.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios