It: A Coisa, Capítulo 2: crítica de filme

Dirigido por Andy Muschietti, e com roteiro de Gary Dauberman, It: A Coisa, Capítulo 2 (título original: It Chapter Two), é segunda e última parte da nova adaptação do livro de horror homônimo de Stephen King. Ambientada vinte e sete anos depois da história do primeiro filme, a produção—que traz algumas novidades em contrapartida à versão anterior da obra de Stephen King, It: Uma Obra Prima do Medo (1990)—encerra com seus exagerados cento e sessenta e cinco minutos de duração a trajetória dos membros agora adultos do Clube dos Perdedores numa batalha final contra o infame Pennywise, o Palhaço Dançarino.

MV5BMjMzODc3NzcxM15BMl5BanBnXkFtZTgwMjk5MjgwODM@._V1_SX1557_CR001557999_AL_.jpg

O filme começa em Derry, Maine, quando o casal homossexual Adrian Mellon (Xavier Dolan) e Don Hagarty (Taylor Frey) é atacado por uma gangue de malfeitores liderada por Webby (Jake Weary). Surrado e jogado da ponte, Adrian se torna a primeira vítima de Pennywise, o Palhaço Dançarino (Bill Skarsgård), recém-retornado de seu estado de hibernação vinte e sete anos depois de seu confronto com o Clube dos Perdedores. Mike Hanlon (Isaiah Mustafa), o único membro do clube que ficou em Derry, e que trabalha agora na biblioteca e monitora todos os acontecimentos suspeitos na cidade, descobre o incidente através do rádio da policia, e vai investigar. Ao perceber que se trata do retorno de Pennywise, ele imediatamente contada os demais membros do Clube dos Perdedores para que cumpram a promessa que fizeram há vinte e sete anos de retornarem para combater a terrível criatura transmorfa e centenária que se alimenta do medo. O destino de cada um dos perdedores ao longo das quase três últimas décadas é então revelado: Bill (James McAvoy), agora escritor de histórias de horror, trabalha no roteiro de um filme estrelado por sua namorada, Audra (Jess Weixler); Eddie (James Ransone) é o analista de riscos numa seguradora casado com Myra (Molly Atkinson), uma mulher tão hipocondríaca quanto ele; Richie (Bill Hader) é um comediante stand-up; Ben (Jay Ryan) é um renomado e premiado arquiteto; Beverly (Jessica Chastain), é uma designer de modas casada com Tom (Will Beinbrink), um marido abusivo que a espanca e maltrata; e Stanley (Andy Bean) é um contador casado com Patricia (Martha Girvin).

MV5BMjE4ODExNTc1Nl5BMl5BanBnXkFtZTgwMzk5MjgwODM@._V1_SX1500_CR001500999_AL_.jpg

À exceção de Stanley—que, diferentemente dos demais perdedores, é o único que se lembra instantaneamente de Pennywise e tira a própria vida antes de voltar à enfrenta-lo—, todos se reúnem num restaurante chinês em Derry, onde as memórias do confronto com a demoníaca criatura começam à gradativamente vir à tona juntamente com visões estarrecedoras com fins de intimida-los. Enquanto Richie e Eddie decidem partir tão logo lembram de tudo, Bill é levado por Mike ao seu refúgio, onde ele lhe mostra a visão acerca da origem de Pennywise através de um artefato milenar e uma bebida alucinógena produzida por índios nativos, os quais lhe teriam informado que a única forma de combater o monstro é através do ritual de Chüd. Convencido por Mike, Bill tenta fazer com que todos os demais fiquem para terminar o que começaram vinte e sete anos antes. Enquanto isso, Pennywise recruta o violento Henry Bowers (Teach Grant), o garoto que aterrorizava os perdedores na infância e que se encontra internado num hospício desde sua prisão pelo assassinato do pai no filme anterior, para se livrar deles. Para a realização do tal ritual mencionado por Mike, os perdedores precisam encontrar seus talismãs secretos, os quais se encontram escondidos pela cidade. Uma sombria e aterrorizante jornada solitária para cada um deles tem inicio, na qual todos acabam confrontando Pennywise, que tenta impedi-los de realizar seu objetivo final. No clímax do confronto final, todos precisam confrontar seus maiores temores, enquanto Bill lida com o trauma e o sentimento de culpa pela morte de Georgie (Jackson Robert Scott), ao passo em que tenta desesperadamente salvar a vida de uma nova potencial vitima de Pennywise, que segue devorando descontroladamente jovens e crianças em Derry.

Excelentemente produzido, o filme encerra com louvor a saga do Clube dos Perdedores contra o demoníaco Palhaço Dançarino, que mostra sua verdadeira face nos instantes finais. Assustador, violento e brutal, o filme não deixa nada à desejar em contrapartida ao filme anterior, tampouco quanto à sua versão de 1990. Embora exaustiva e desnecessariamente longo demais ao tentar explorar pormenores de cada um dos personagens através de flashbacks como se a audiência não tivesse assistido ao primeiro filme, It: A Coisa, Capítulo 2 traz de volta as versões mais novas dos protagonistas, e mais uma vez o elenco infantil representado por Jaeden Lieberher, Finn Wolfhard, Jack Dylan Grazer, Wyatt Oleff, Sophie Lillis, Jeremy Ray Taylor e Chosen Jacobs, rouba a cena.

A novidade fica por conta da aparição surpresa de Stephen King como o dono do antiquário onde Bill encontra sua icônica bicicleta Silver, além da cena excluída do filme anterior envolvendo Adrian e Dan, bem como a mudança na história de Audra, que não se torna vitima de Pennywise, e de Richie, que revela ter sido apaixonado por Eddie antes de sair de Derry, o que torna o final ainda mais trágico para os personagens.

It: A Coisa, Capítulo 2 estreou nos cinemas brasileiros no último dia 5 de setembro.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios