Grey’s Anatomy: review terceira temporada

A terceira temporada de Grey’s Anatomy segue em continuação com o dia-a-dia de cinco jovens internos do programa de residência cirúrgica no prestigiado Seattle Grace Hospital. Embora a personagem Meredith Grey continue sendo o foco da narrativa principal, Shonda Rhimes, produtora e criadora da série, desenvolve no terceiro arco da série uma abordagem muito mais ampla da vida pessoal dos médicos residentes, incluindo o complicado triângulo amoroso formado por Meredith, Addison e Derek, bem como a chegada de Mark Sloan, pivô da separação de Derek e Addison, e de Callie Torres, que se tornam personagens fixos. A temporada também serve como pano de fundo para a spin off Private Practice, focada na personagem Addison.

3x04-6

A terceira temporada, composta por vinte e cinco episódios transmitidos entre setembro de 2006 e maio de 2007, traz Meredith (Ellen Pompeo) tendo que escolher entre o charmoso veterinário, Finn (Chris O’Donnell), e o amor de sua vida, Derek (Patrick Dempsey), o qual recentemente se reconciliou com a ex-esposa, Addison (Kate Walsh). A temporada também aborda o complicado relacionamento de Derek com o amigo de longa data, Mark (Eric Dane), que chega decidido à reconquistar Addison. Uma das subtramas principais no começo da temporada diz respeito à Izzie (Katherine Heigl), que depois de envolver os colegas residentes numa tentativa desesperada—e ilegal—de salvar o noivo, Denny (Jeffrey Dean Morgan), é expulsa do programa, mas acaba eventualmente sendo aceita de volta por Richard (James Pickens Jr.) em caráter probatório depois ainda de descobrir que ficou rica ao ter sido incluída no testamento de Denny. E como se não bastasse enfrentar uma futura sogra extremamente ríspida, Cristina (Sandra Oh) passa por grandes dificuldades em sua relação com Burke (Isaiah Washington) quando, por conta de tremores que ele passa à ter na mão direita após ser submetido à uma cirurgia ministrada por Derek ao final da temporada anterior, ela decide ajuda-lo em seus procedimentos cirúrgicos, escondendo de todos o problema que pode afasta-lo das salas de operação, o que é eventualmente descoberto por Miranda (Chandra Wilson).

3x17-15

Enquanto isso, depois do fiasco sexual com Meredith na temporada anterior, George (T.R. Knight), que precisa ainda lidar com grandes momentos dramáticos quando do internamento do pai, decide abraçar de uma vez por todas sua relação com Callie (Sara Ramirez), e os dois se tornam definitivamente um casal, inclusive casando-se em Las Vegas, para horror e crítica acirrada de seus amigos. A relação, contudo, é colocada à prova quando George não consegue se afastar de sua melhor amiga e confidente, Izzie, o que causa ciúmes em Callie, que eventualmente acaba encontrando conforto em Mark, e também numa amizade inusitada com Addison. Nesse cenário, Alex (Justin Chambers) trabalha lado à lado de Addison para salvar a vida de um bebê, e os dois tem um rápido caso amoroso quando a ex-esposa de Derek aceita dar uma segunda chance à Mark. E o drama para Meredith parece não ter fim quando o pai, Thatcher (Jeff Perry), entra novamente em cena com a segunda família, e a madrasta de Meredith, Susan (Mare Winningham), faz de tudo para reaproximar pai e filha. Como se não bastasse, Ellis (Kate Burton) também volta à cena, e num momento de rápida lucidez, acaba ofendendo moralmente Meredith ao declarar o quanto a filha se tornou profissionalmente medíocre, culpando Derek por fazê-la afastar-se de todo o seu potencial como futura cirurgiã.

3x22-21

A segunda metade da temporada tem a disputa entre Burke, Derek, Addison e Mark pela posição de chefe do hospital quando Richard anuncia querer se aposentar por pressão da esposa, Adele (Loretta Devine), embora eventualmente acabe desistindo, o que culmina em sua separação. Um acidente de balsa com vários mortos e feridos faz com que médicos e internos se desloquem para o porto de Seattle no clímax de temporada final, e Meredith quase morre afogada. Em coma, a personagem se vê no limbo e encontra ex-pacientes mortos, incluindo Denny, e eventualmente a própria mãe, Ellis, que submetida à uma cirurgia no coração, acaba morrendo na mesa de cirurgia. Outra subtrama que ganha forma ao final da temporada diz respeito à Rebecca (Elizabeth Reaser), uma mulher grávida vitima do acidente de balsa inicialmente sem memória, sem identidade e sem rosto com a qual Alex acaba formando um forte vínculo. O vigésimo segundo e o vigésimo terceiro episódios da temporada oficializam a mudança de Addison para Los Angeles, dando origem à spin off Private Practice. Nos momentos finais da temporada, os internos precisam se preparar para o exame que deve determinar sua residência no campo cirúrgico, e Derek começa à questionar sua relação com Meredith, a qual é responsabilizada pelo pai pela morte súbita de Susan, vitima de uma crise de soluços, enquanto Izzie e George lidam com seu complicado relacionamento amoroso, Alex descobre que Rebecca é casada, mas se apaixonou por ele, e Christina é largada no altar por Burke.

A terceira temporada de Grey’s Anatomy traz de volta Brooke Smith como Erica Hahn, antagonista de Burke ao final da temporada anterior, bem como as participações especiais de Jeffrey Dean Morgan, Kyle ChandlerMare WinninghamFred Ward, Dean Norris, Elisabeth Moss, Hector Elizondo e Mitch Pileggi. Mais uma vez a série encerra com ganchos surpreendentes e grandes reviravoltas, e não deixa nada à desejar no que diz respeito ao desenvolvimento dos personagens e das novas tramas.

Grey’s Anatomy é transmitida pelo canal ABC, e pode ser conferida via Netflix.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios