What We Do in the Shadows: resumo primeira temporada

Inspirada no filme homônimo escrito, dirigido e estrelado pelos neozelandeses Jemaine ClementTaika Waititi, What We Do in the Shadows é uma série desenvolvida e coproduzida por Scott Rudin e Paul Simms para o canal FX em formato de mockumentary que traz a absurda rotina noturna de quatro vampiros residentes de Staten Island que vivem juntos há centenas de anos. Com uma primeira temporada completa com dez episódios de cerca de trinta minutos de duração cada, a série conta ainda com o tema de abertura You’re Dead, de Norma Tanega.

MV5BMTk2NjcxNTEyOV5BMl5BanBnXkFtZTgwMjQ2MzcwODM@._V1_SY1000_CR0014261000_AL_.jpg

A série começa introduzindo os vampiros propriamente ditos. O líder autoproclamado do grupo é Nandor “O Implacável” (Kayvan Novak), um vampiro de 757 anos de idade que foi um grande guerreiro conquistador do Império Otomano. Fã de basquete americano desde 1992, ele tentou se tornar cidadão estadunidense apenas para poder competir nos jogos olímpicos. Ele também é o soberano de um país chamado Al Quolanudar, dissolvido em 1401. Laszlo (Matt Berry), um ex-lorde britânico, é o vampiro mais novo do grupo. Trapaceiro, vaidoso e metrossexual, ele é um boêmio que discorda da liderança de Nandor, e adora vê-lo falhar em suas tentativas de mostrar poder. Além de ser pansexual, Laszlo revela ser o verdadeiro Jack, o Estripador, e tem por hobby fazer esculturas de topiaria, especialmente de vulvas. Nadja (Natasia Demetriou) é a única vampira mulher do grupo. De origem romena, ela é a sedutora esposa de Laszlo, e a responsável por transforma-lo. Ela eventualmente se envolve com Jeff Suckler (Jake McDorman), seu amante humano Gregor reencarnado, e que sempre acaba morto por Laszlo ao ser descoberto. Por fim, Colin Robinson (Mark Proksch) é o vampiro de energia que mora no porão. Capaz de sair à luz do dia, ele se alimenta da energia de humanos e de vampiros chateando-os ou enfurecendo-os. Detestado pelos outros vampiros com quem mora, ele é aceito em seu convívio apenas por ajudar no pagamento do aluguel.

MV5BMjQzNDE2NjA1NF5BMl5BanBnXkFtZTgwNTA2MzcwODM@._V1_SY1000_CR0013331000_AL_.jpg

O elenco principal é completado por Guillermo (Harvey Guillén). Ele é o “familiar” de Nandor há mais de dez anos e o único humano permitido no convívio dos vampiros. Também conhecido como servo, Guillermo é o protetor de seu mestre durante as horas de luz do dia, e não quer nada mais do que ser transformado num verdadeiro vampiro, tendo como ídolo o personagem Armand. Apesar de ser bem tratado por seu mestre, Guillermo é muitas vezes menosprezado por ele e pelos outros vampiros, e tem seu desejo de se tornar um deles sempre postergado por Nandor. No último episódio da temporada, depois de fazer uma pesquisa genealógica, Guillermo descobre ser descendente de Van Helsing, o infame caçador de vampiros, conferindo um gancho bastante interessante para a próxima temporada. Jenna (Beanie Feldstein) é outra humana que volta e meia aparece na temporada. Ela é uma estudante universitária virgem que adora jogos de RPG e que é atraída por Guillermo para se tornar refeição dos vampiros, mas que acaba ganhando a simpatia de Nadja, a qual decide transforma-la. Após uma visita inesperada do lorde das trevas no episódio piloto, o milenar Barão Afanas (Doug Jones), os vampiros são lembrados de que foram enviados à Nova York há mais de cem anos para darem inicio ao plano de dominação do Novo Mundo. Como eles pretendem fazê-lo é simplesmente surreal e absurdo, e vai desde a tentativa de conseguirem uma aliança com o vampiro rei de Manhattan, Simon “o Perverso” (Nick Kroll), até um pedido de cidadania americana.

MV5BNDg5Njg1NTMxMF5BMl5BanBnXkFtZTgwNzQ2MzcwODM@._V1_SX1450_CR001450999_AL_.jpg

Além das tramas recorrentes que envolvem a louca e estranha rotina dos vampiros de Staten Island, situações extremas ganham forma, como quando Nandor, Laszlo e Nadja colocam à prova a frágil trégua com os lobisomens locais num episódio em que Nandor precisa duelar com o mais forte da matilha, Toby (Justin Bigelli). Sempre proscrito do grupo nos grandes acontecimentos, Colin também tem suas aventuras, como quando descobre o romance ao conhecer uma nova funcionária no escritório, Evie (Vanessa Bayer), uma vampira de emoções com a qual disputa suas vitimas, e eventualmente conclui não poderem ficar juntos. E se mesmo conseguindo se livrar de um abominável chapéu amaldiçoado por bruxas Laszlo enfrenta o departamento de controle de animais quando capturado em sua forma de morcego, tudo sai errado na orgia vampírica bianual quando Guillermo se ocupa de trazer a refeição principal, qual seja, seu amigo virgem, Jeremy (James Dwyer), que sangra de vez em quando pelo nariz, causando agitação entre os vampiros. Claro que nada é pior do que a morte acidental do Barão Afanas depois de uma noitada com o trio vampiresco regada à sangue de vitimas intoxicadas por ecstasy. Levados à julgamento por um tribunal internacional pelo assassinato de um deles, Nandor, Laszlo e Nadja são confrontados por um conselho vampírico onde uma a execução à la Entrevista com o Vampiro é decretada, embora Colin e Guillermo apareçam para o resgate.

Divertida e original, What We Do in the Shadows é uma surpresa bastante agradável para os fãs de vampiros e de uma boa comédia estapafúrdica. Os momentos mais hilários da temporada são incontáveis, mas alguns dos mais memoráveis acontecem quando os vampiros não conseguem assinar o recibo de entrega por tablete do caixão com o Barão Afanas no episódio piloto; quando Nadja precisa treinar Jenna como vampira recém-nascida em “Citizenship”; quando Nandor leva Guillermo para um voo sobre Manhattan no melhor estilo Superman: O Filme em “Manhattan Night Club”, embora o deixe cair; e quando o Barão Afanas decide extrapolar os excessos do Mundo Novo em “Baron’s Night Out”.

Um dos momentos mais deleitáveis da série, no entanto, acontece no episódio “The Trial“, quando Nandor, Laszlo e Nadja, acusados pela morte do lendário Barão Afanas, são julgados por um conselho vampírico do qual faz parte um elenco estelar composto em sua maioria por atrizes e atores que já tiveram seus dias de vampiro, como Tilda Swinton, Evan Rachel Wood, Paul Reubens, Danny Trejo, Wesley Snipes, Dave Bautista, além do trio original que inspirou a série, Taika Waititi, Jemaine Clement e Jonny Brugh—que reprisam seus papéis como Viago, Vladimir e Deacon—, além das menções honrosas aos vampiros ausentes: Tom (Tom Cruise), Brad (Brad Pitt), Kiefer (Kiefer Sutherland) e Robert (Robert Pattison).

What We Do in the Shadows é transmitida pelo canal FX.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios