Grey’s Anatomy: review segunda temporada

A segunda temporada de Grey’s Anatomy segue tendo por foco o dia-a-dia dos jovens internos à residência cirúrgica no prestigiado Seattle Grace Hospital. Com fins de balançar a relação amorosa da personagem Meredith Grey, Shonda Rhimes, produtora e criadora da série, desenvolve no segundo arco um triângulo amoroso inusitado que inclui Addison Montgomery, esposa de Derek Shepherd recém-chegada de Nova York para reconquistar o marido ao mesmo tempo em que assume a cadeira de obstetra no hospital, tornando a vida de Meredith ainda mais complicada.

2x25-2

A segunda temporada, composta por vinte e sete episódios transmitidos entre setembro de 2005 e maio de 2006, traz, logo no primeiro episódio, Addison Montgomery (Kate Walsh), esposa de Derek Shepperd (Patrick Dempsey), com o qual Meredith Grey (Ellen Pompeo) passa a finalmente se relacionar depois de muitas idas e vindas ao longo da primeira temporada. A chegada de Addison, no entanto, balança a já bastante complicada relação do casal, e Derek precisa escolher entre as duas, à despeito da infidelidade de Addison com seu melhor amigo, o cirurgião plástico Mark Sloan (Eric Dane), ser o grande causador da tumultuada separação entre os dois. Nesse meio tempo, a inusitada amizade entre Izzie (Katherine Heigl) e Alex (Justin Chambers) evolui e os dois se tornam amantes, o que eventualmente encontrará percalços com a chegada do charmoso Denny Duquette (Jeffrey Dean Morgan), um paciente com uma condição cardíaca muito delicada que acaba ganhando a atenção especial de Izzy, e que confere o primeiro de muito desfechos dramáticos que devem assombrar a série pelos próximos anos. A temporada também traz a revelação à todos da condição médica da famosa ex-cirurgiã, Ellis Grey (Kate Burton), mãe de Meredith, a qual passa à ser tratada por Derek como paciente no hospital, tornando a vida não apenas de Meredith, como a de vários outros personagens, um verdadeiro caos.

2x23-4

Enquanto isso, Cristina (Sandra Oh) segue pela disputa de grandes cirurgias, ao passo em que sua relação com o cirurgião cardiovascular Preston Burke (Isaiah Washington) se torna cada vez mais séria. Na segunda metade da temporada, a autoritária médica residente, Miranda Bailey (Chandra Wilson), acaba se tornando mãe num dos momentos mais tensos, enquanto o diretor do hospital, Richard Webber (James Pickens Jr.), enfrenta seus próprios demônios pessoais com o câncer de Camille (Tessa Thompson), sua adorada sobrinha, bem como alguns problemas domésticos com a esposa, Adele (Loretta Devine). A chegada de Sloan à Seattle torna a reconciliação entre Derek e Addison tensa, ao passo em que Meredith acaba quase destruindo sua amizade com George (T.R. Knight), o qual busca conforto nos braços de Callie Torres (Sara Ramirez), uma nada convencional médica residente que não mede palavras para dizer o que sente e o que pensa. A entrada em cena de Thatcher Grey (Jeff Perry), pai ausente de Meredith, bem como do veterinário Finn Dandrige (Chris O’Donnell), também acaba transformando a vida pessoal da protagonista. A temporada encerra de forma bastante dramática para vários personagens. Depois de arriscar a carreira dos colegas numa tentativa desesperada de conseguir um coração para Denny, Izzy sofre uma grande perda pessoal e acaba abandonando a carreira médica, enquanto Burke—depois de ser vitima de um inusitado tiroteio em frente ao hospital enquanto corre para trazer um coração para Duquette—acaba na mesa de cirurgia, e Meredith se vê amorosamente dividida entre Derek e Finn.

Os destaques da segunda temporada de Grey’s Anatomy ficam ainda por conta de participações muito especiais, como as de Kyle Chandler, Christina Ricci, Mare Winningham e Tessa Thompson, como também da chegada de novos personagens, dentre os quais Addison, Callie, Denny, Finn e Thatcher. Mais uma vez a série encerra com ganchos surpreendentes e grandes reviravoltas, e não deixa nada à desejar no que diz respeito ao desenvolvimento dos personagens e das novas tramas, especialmente com os acréscimos ao elenco de Kate Walsh e de Eric Dane, os quais conferem muito mais humor à narrativa.

Grey’s Anatomy é transmitida pelo canal ABC, e pode ser conferida via Netflix.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios