Resumo do episódio #3.06 de The Handmaid’s Tale: “Household”

No sexto episódio da terceira temporada de The Handmaid’s Tale, no ápice da tentativa diplomática de Serena e Fred conseguirem trazer Nichole de volta à Gilead, June consegue fazer uma importante conexão que lhe pode ser favorável durante uma visita com autoridades de outros países em Washington D.C. Contudo, o encontro com uma família que revela o vislumbre do futuro de Gilead, bem como a traição de alguém próximo à June pode mudar tudo.

MV5BZmEyMjI0ZWEtZTJjMC00N2JjLTgwNzYtYWIxY2IwZjVjMzY3XkEyXkFqcGdeQXVyMjYwNDA2MDE@._V1_SY1000_CR0,0,1544,1000_AL_

O episódio começa com as repercussões da transmissão ao vivo do pedido de devolução da bebê Nichole aos Waterford. Marthas e aias aparecem orando pelas ruas de Boston, e Joseph (Bradley Whitford) anuncia à June (Elisabeth Moss) que ela precisa arrumar as malas para ir à Washington D.C. com os Waterford. June viaja com Fred (Joseph Fiennes), Serena (Yvonne Strahovski) e, lógico, Tia Lydia (Ann Dowd), para a capital de Gilead, onde vê o monumento de Washington agora transformado em uma imensa cruz. Diversas vezes, June tenta encontrar oportunidade para tentar dissuadir Serena de tentar trazer Nichole de volta, mas é tudo em vão. Ali, eles tem uma agenda: encontrar diplomatas suíços que devem decidir a questão pacificamente entre Canada e Gilead. Uma série de entrevistas deve acontecer, e os Waterford, juntamente com June, visitam a residência do alto comandante Winslow (Christopher Meloni). Serena e Fred ficam desclumbrados ao conhecerem os seis filhos do comandante e de sua esposa, Olivia (Elizabeth Reaser). June vê sua chance com Serena cada vez mais se esvair ao notar como ela fica empolgada ao segurar nos braços o bebê dos Winslow.

MV5BNThlZWRkNjctNTQ1Yi00ZWFkLTljOGMtODc3M2NjMjJlNDhhXkEyXkFqcGdeQXVyMjYwNDA2MDE@._V1_SY1000_CR0,0,1547,1000_AL_

Acomodada com a aia da família, Ofgeorge (Kirrilee Berger), June descobre que debaixo da indumentária que cobre sua boca estão seus lábios selados por anéis, e fica horrorizada. Fred recebe a noticia de George de uma possível promoção sua com mudança para a capital—o que é ilógico considerando ter sido ele rebaixado depois do episódio do sequestro de Nichole, mas justificável se as verdadeiras intenções de George são as de terem Fred por perto. Uma sessão de filmagens acontece, e June reencontra Nick Blaine (Max Minghella), agora comandante, e os dois discretamente trocam carinhos um com o outro. Depois da audiência de Fred e Serena com os suíços, June é chamada à depor sem a presença destes, o que lhe dá a oportunidade perfeita para na qualidade de mãe biológica de Nichole manifestar seu desejo de que a filha fique no Canada, e que é também esse o desejo do verdadeiro pai da criança. Neutros até certo ponto, os suíços (e talvez seus aliados) estão determinados a usar isso como uma operação de coleta de informações. Gilead tem um exército forte, mas é uma “caixa preta”, e eles não sabem “como as decisões são tomadas, onde está o poder”. June sabe muito pouco, mas Nick pode revelar seus segredos e vulnerabilidades. Ele pode ser a falha na Estrela da Morte. Tarde da noite, ela o encontra com a ajuda das Marthas, e lhe pede para ajuda-los à salvar Nichole, o que ele hesitantemente aceita.

MV5BMDY0OGNkMzUtNjIzZC00MGEwLWJmN2YtMzM2ODE5MzBkZGMyXkEyXkFqcGdeQXVyMjYwNDA2MDE@._V1_SY1000_CR0,0,1543,1000_AL_

De volta à casa dos Winslow, a diplomata suíça informa June de que eles não podem negociar com Nick, pois ele foi um soldado na cruzada, razão pela qual eles não podem confiar nele, o que deixa June arrasada. Transtornada em seu quarto na casa dos Winslow, June é visitada por Tia Lydia. Prestes à ser coberta pela boca, June lhe pergunta se ela quer que todas sejam silenciadas, e a mulher que ordena que outras mulheres tenham seus clitóris removidos diz “não, eu não”. Estaria The Handmaid’s Tale abraçando o feminismo exacerbado ao tentar humanizar as mulheres perversas—Serena em suas idas e vindas, e agora Tia Lydia—da história e transformar todos os homens em crápulas—ao fazer Joseph um psicótico narcisista e Nick um potencial traidor de June? No Memorial de Lincoln, onde a estátua e as palavras por trás do ex-Presidente (“Neste templo, como no coração do povo por quem ele salvou a União, a memória de Abraham Lincoln está consagrada para sempre”) são destruídas, June vê que apenas seu punho permanece. Talvez isso seja inspirador para ela, pois pouco antes de uma última filmagem para o mundo exterior, June diz à Serena que ela construiu esse mundo todo só para ter alguém, e que isso não funcionou, pois ela é pequena, cruel e vazia.

O episódio então termina com June se aproximando-se dos Waterford às escadarias do memorial, onde centenas de aias encontram-se alinhadas e com suas bocas cobertas. Ali, Fred ordena que todos orem ao Senhor. Ao ver que as aias nada fazem, ele repete, e June se ajoelha, logo seguida de todas as demais aias. E sim, a série parece estar definitivamente saindo dos trilhos ao mostrar os personagens cada vez mais inconsistentes—as nuances de cada um ao longo das temporadas anteriores se dissiparam por completo—, as tramas cada vez mais absurdas, e June apenas e tão somente colhendo os frutos de suas estúpidas decisões.

A terceira temporada The Handmaid’s Tale pode ser conferida via Hulu e via ITunes.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios