Grey’s Anatomy: review primeira temporada

Grey’s Anatomy é uma série transmitida pela ABC criada e desenvolvida por Shonda Rhimes que traz as atribulações pessoais e profissionais de cirurgiões médicos residentes e internos em um grande hospital de Seattle, Washington. Sucesso de público e crítica, a produção já conta com quinze temporadas completas e uma décima sexta temporada oficialmente confirmada—considerada, portanto, o drama médico mais longo da historia da televisão. Focada principalmente na personagem Meredith Grey, a série é também conhecida por eliminar sem qualquer remorso personagens importantes da trama, tendo causado inúmeras comoções entre os fãs.

greys-anatomy-1-temporada-2-dvds-D_NQ_NP_659678-MLB27269919447_042018-F.jpg

A primeira temporada, composta por nove episódios transmitidos entre março e maio de 2005, introduz a protagonista da história, Meredith Grey (Ellen Pompeo), cirurgiã interna no prestigiado Seattle Grace Hospital, bem como seus colegas, Cristina (Sandra Oh), uma competitiva ex-aluna de Stanford; Izzie (Katherine Heigl), uma ex-modelo bastante otimista; George (T.R. Knight), um rapaz tímido e de bom coração que se apaixona por Meredith; e Alex (Justin Chambers), um sujeito arrogante que passa por cima de todos para conseguir o que quer. Nesse cenário, em meio a casos médicos polêmicos e rivalidades para conseguir participar de importantes e complicados procedimentos cirúrgicos, Meredith acaba formando um forte elo de amizade com seus colegas enquanto supervisionados pela autoritária médica residente, Miranda Bailey (Chandra Wilson)—conhecida por todos como “The Nazi”—, ao passo em que ainda precisa lidar com uma turbulenta vida pessoal.

bbcf264a3ac7bbe5536a65eb3dcf7f1f.jpg

Filha de uma famosa ex-cirurgiã, Ellis Grey (Kate Burton), Meredith lida secretamente com o diagnostico de Alzheimer da mãe, fato esse que esconde não apenas de seus colegas, como também do diretor do hospital, Richard Webber (James Pickens Jr.). Como se não bastasse, Meredith também vive um complicado romance com o neurocirurgião Derek Shepherd (Patrick Dempsey), candidato ao lado do cirurgião cardiovascular Preston Burke (Isaiah Washington) ao posto de chefe da residência. Os nove primeiros episódios da série se prestam basicamente para consolidar o vínculo entre Meredith e seus colegas no primeiro ano como médicos internos ao passo em que aprendem mais sobre o ponto de equilíbrio da relação entre médico e paciente à cada procedimento no qual atuam, bem como explorar o relacionamento amoroso da personagem com Derek. Nesse universo, vários dilemas éticos e morais veem à tona, e na luta diária para salvar pacientes, Meredith e seus colegas precisam ainda contrabalancear o que é certo e errado na investigação dos mais diversos casos que caem em suas mãos.

Como toda grande série médica de televisão que se preze, Grey’s Anatomy se vale de muitos dramas, desfechos surpreendentes e grandes reviravoltas novelescas, o que muito provavelmente é fator garantidor de seu grande sucesso. Os méritos ficam logicamente por conta do elenco formado quase completamente por rostos desconhecidos como os de Ellen Pompeo e de Sandra Oh, enquanto o charme e o carisma de Patrick Dempsey como a razão do afeto da protagonista—e também o destinatário do icônico título “McDreamy”, que muito repercute entre os fãs da série—é um bônus.

Grey’s Anatomy é transmitida pelo canal ABC, e pode ser conferida via Netflix.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios