Cobra Kai: review da segunda temporada

Cobra Kai retorna para uma segunda temporada pelo serviço on streaming YouTube Premium e traz as consequências dos eventos havidos ao final da primeira instalação da série e que sucedem o torneio anual de karatê de All Valley com a vitória de Miguel, bem como a abertura oficial do dojo Miyagi-Do e a chegada surpresa de John Kreese ao dojo Cobra Kai, eclodindo uma guerra sem precedentes entre estudantes dos dois estilos.

Capture d’écran 2019-04-25 à 19.56.00

A temporada começa exatamente à partir da última cena do final da temporada anterior. John Kreese (Martin Kove), o ex-sensei psicótico de Johnny (William Zabka) em Karate Kid: A Hora da Verdade (1984) aparece no dojo Cobra Kai para parabeniza-lo por continuar seu trabalho e colocar o nome Cobra Kai de volta ao topo. Depois dos dois saírem às vias de fato por conta dos acontecimentos havidos ao inicio de Karate Kid II: A Hora da Verdade Continua (1986), Johnny relutantemente aceita o convite de Kreese para conversarem. Eventualmente, ele se deixa convencer por seu antigo sensei de que este mudou e que busca uma segunda chance, ao que Johnny o convida à assistir as aulas de karate em seu dojo sem interferir. Claro que no final das contas Kreese acaba se aproveitando da situação para ganhar a confiança dos estudantes mais propensos à seguir seu nada ortodoxo método de ensino, e ampliar seu domínio para o que deve ser a grande virada ao final da temporada e o gancho principal para uma terceira instalação da série. Nesse meio tempo, Johnny se reconecta com a parte boa do seu passado, e reencontra seus antigos amigos dos tempos de escola, Bobby (Ron Thomas) e Jimmy (Tony O’Dell), para uma road trip com um bastante doente Tommy (Rob Garrison) no sexto episódio, Take a Right. As boas intenções de Johnny se sobressaem e um pequeno momento de trégua acontece com Daniel (Ralph Macchio) no nono episódio, Pulpo. Obviamente que tudo vai por água abaixo antes do final da temporada.

Com o dojo repleto de novos estudantes, e a carreira como instrutor de karate à pleno vapor com a ajuda de Kreese, Johnny também tenta ter uma vida amorosa, e em meio à alguns fiascos na tentativa de conseguir uma namorada através de aplicativos de encontros, e de até mesmo tentar se reconectar com Ali Mills (Elisabeth Shue), Johnny começa um romance inesperado com Carmem (Vanessa Rubio), mãe de Miguel (Xolo Maridueña).

Capture d’écran 2019-04-25 à 19.52.34

Enquanto o dojo Cobra Kai colhe os louros da vitória de Miguel no torneio anual de karatê de All Valley ao final da temporada anterior com uma enorme quantidade de novos estudantes, o dojo Miyagi-Do é oficialmente inaugurado por Daniel, o qual continua à treinar Robby (Tanner Buchanan) sob o método do Sr. Miyagi (Pat Morita). Samantha (Mary Mouser) eventualmente se junta aos dois na tentativa de colocar sua história com Miguel para trás, e o romance com Robby se torna inevitável ao longo da narrativa—ainda que nem tudo pareça perdido para Miguel, à despeito da chegada da personagem Tory (Peyton List), a qual surge como novo interesse amoroso para o personagem. Nesse cenário, Daniel enfrenta dificuldades na tentativa de encontrar balanço entre a gestão de seus negócios na LaRusso revenda de carros de luxo e a árdua tarefa como instrutor de karate. Sua vida pessoal com Amanda (Courtney Henggeler) também perde o equilíbrio quando ele passa mais tempo com seus estudantes do que com a esposa, culminando em importantes decisões para o personagem até o final da temporada. Nos primeiros episódios da temporada, o objetivo principal de Daniel é conquistar estudantes com fins de eliminar o mal devastador do método Cobra Kai que se alastra pelo vale. Obviamente que ele enfrenta diversas dificuldades, mas progressivamente novos alunos acabam enveredando para o método pacifista do karate de Okinawa, dentre os quais o neurótico Demetri (Gianni Decenzo)—que rende bons momentos de comédia, embora se torne alvo de bullying de seu ex-melhor amigo, Hawk (Jacob Bertrand)—e vários outros estudantes descontentes do Cobra Kai.

Na sua tentativa de conquistar novos estudantes em contrapartida à ascensão crescente do dojo Cobra Kai e de reformular o método do Sr. Miyagi incorporando novas técnicas de ensino, Daniel é ameaçado por Kreese, que declara guerra entre os dojos e incentiva estudantes do Cobra Kai à até mesmo destruírem o dojo Miyagi-Do. A rivalidade agora não acontece mais na arena, mas no mundo real, onde as regras de Johnny são questionadas, o que o faz perder gradativamente o controle sobre seus estudantes, os quais se veem cada vez mais seduzidos pelos ensinamentos de ódio de Kreese.

Superior ao esperado, a segunda temporada de Cobra Kai empolga tanto quanto a primeira, e se revela cada vez mais uma grande produção para os padrões on streaming com uma narrativa engajada, original e inteligente que não mede esforços em homenagear os filmes da saga Karate Kid, além de contar com uma estupenda trilha sonora que inclui Back in BlackGlory of Love, Cruel Summer, entre outras.

Pontos Altos da Temporada:

  • O contraste dos treinamentos no Cobra Kai e no Miyagi-Do. No segundo episódio, Back in Black, Johnny coloca seus estudantes para treinar dentro de um caminhão de cimento, enquanto Daniel faz Sam e Robby aprenderem sobre equilíbrio no idílico jardim do Miyagi-Do.
  • Amanda tem mais presença na narrativa. Disputando a atenção de Daniel com seus estudantes, Amanda aparece em sequências de flashback com o marido e numa dinâmica interação dos dois na tentativa de fecharem uma quota de venda de dez carros num dia na LaRusso.
  • A frustrada demonstração do karate de Okinawa no Festival de Valley. No terceiro episódio, Fire and Ice, Daniel aproveita a presença da LaRusso revenda de veículos para fazer uma demonstração do karate do dojo Miyagi-Do com fins de conquistar mais estudantes, mas sabendo da apresentação, Johnny e seus estudantes aparecem para estragar tudo.
  • Daniel recebe um conselho pontual na sua busca por mais estudantes. Ao identificar um pescador muito parecido com o Sr. Miyagi na praia no quarto episódio, The Moment of Truth, Daniel puxa conversa, e recebe o conselho de que precisa ser paciente para que as pessoas que precisam dele venham ao seu encontro.
  • A cena de luta no shopping. No quinto episódio, All In, centrado em Hawk e Demitri, logo depois de decidir ir para o dojo Miyagi-Do, Demitri critica o Cobra Kai, e Hawk o persegue com fins de agredi-lo fisicamente com outros estudantes. No meio de um shopping, Sam e Robby o defendem numa bela cena de luta coreografa tal conforme seu treinamento para equilíbrio.
  • O reencontro de Johnny com seus antigos amigos de escola. No sexto episódio, Take a Right, temos um segmento bastante emotivo, repleto de flashbacks, uma boa briga de bar, e genuínos e bem escritos diálogos sobre o tempo que resta à cada um para fazer o que gosta.
  • O jantar forçado entre Johnny e Daniel. No nono episódio, Pulpo, Amanda e Daniel reconciliam com um jantar à dois no mesmo restaurante onde Johnny leva Carmem para o primeiro encontro entre os dois. Amanda e Carmem sugerem juntarem as mesas quando a falta de lugares no local impossibilita que os casais se sentem longe um do outro, e o resultado é bem trágico, hilário, e ao final bem positivo depois que Daniel descobre que Johnny amadureceu.
  • A luta entre os estudantes do Cobra Kai e do Miyagi-Do na escola. Numa bem coreografada sequência de longas tomadas, o décimo episódio, No Mercy, traz um primeiro dia de aula inesquecível ao ginásio de West Valley. Depois de descobrir que Sam e Miguel se beijaram, Tory começa uma luta no meio dos corredores da escola, a qual se entende entre os demais estudantes do Cobra Kai contra os do Miyagi-Do, em especial entre Miguel e Robby e Hawk e Demitri.
  • A grande (e sombria) reviravolta para Miguel. Depois de se deixar seduzir pela vitória no torneio e pelos ensinamentos distorcidos de Kreese, Miguel mostra compaixão por Robby na luta na escola, mas Robby o acerta com um golpe final que o faz cair do alto de um balcão. A temporada encerra com Miguel quase morto e com a possibilidade de ficar paralisado.
  • O fim do Cobra Kai para Johnny. Com a terrível tragédia que se abate sobre Miguel, e o fato de que Carmem o responsabiliza por tudo, Johnny se entrega à bebedeira nos instantes finais da temporada, e encontra seus estudantes agora sob o treinamento de Kreese no dojo Cobra Kai. Ao perceber que seus esforços causaram mais mal do que bem, ele abandona tudo.

O que esperar da próxima temporada? Obviamente que Miguel irá se restabelecer, afinal trata-se de uma série sem tons sombrios, e que tal uma união de forças entre Daniel e Johnny para colocar fim ao reinado de terror de Kreese no Valley com a ascensão do método deturpado de ensino de karate no novo Cobra Kai?

Todos os episódios de Cobra Kai estão disponíveis via YouTube Premium.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios