Resumo do episódio #8.02 de Game of Thrones: “A Knight of the Seven Kingdoms”

No segundo episódio da última temporada de Game of Thrones, a batalha em Winterfell se aproxima, enquanto Jaime é confrontado por seu passado, Daenerys segue o conselho de Jorah e tenta conquistar Sansa, Theon chega à Winterfell e Jon revela sua verdadeira linhagem à Daenerys.

game-of-thrones-season-8-episode-2-preview-hbo-00-00-02-19-still001-1555301670-2018260488-1555903972469.jpg

O episódio começa com Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) na sala oval em Winterfell diante de Daenerys (Emilia Clarke), Jon (Kit Harington) e Sansa (Sophie Turner), e cercado por vários nobres nortenhos. Ali, ele é julgado por seus crimes do passado, e Tyrion (Peter Dinklage) perde a credibilidade de sua rainha quando revelado que Cersei (Lena Headey) enganou à todos ao decidir não enviar o exército de Porto Real para ajuda-los na batalha contra o Rei da Noite (Vladimir Furdik), mas preparar-se para exterminar os que sobrarem na defesa de seu lugar no trono de ferro. Jaime proclama que tudo o que fez foi para defender sua família, até que Brienne (Gwendoline Christie) sai em sua defesa, revelando como ele a salvou e a defendeu ao ponto de perder a mão direita e como ele cumpriu sua palavra à Catelyn (Michelle Fairley), ao que Sansa e Jon o aceitam na condição de aliado contra o exército de mortos-vivos que se aproxima. Afinal, toda ajuda é bem vinda. Decidida à substituir Tyrion como Mão da Rainha, Daenerys é aconselhada por Jorah (Iain Glen) a mantê-lo como conselheiro, e aceita ainda sua sugestão de tentar conquistar Sansa. Pouco depois, as duas conversam, e encontram pontos em comum que as tornam solidárias uma em relação à outra quando Daenerys confirma jamais ter manipulado Jon e que está verdadeiramente apaixonada por ele, até o momento em que Sansa pergunta o que será do Norte depois que ela reclamar o trono de ferro, já que os nortenhos querem independência.

MV5BYjUxN2NiNzYtM2Q3NS00NjViLThlMDItNjg0NmYxYjAwNmUxXkEyXkFqcGdeQXVyNDg4NjY5OTQ@._V1_SY1000_SX1500_AL_.jpg

Paralelamente, Jaime vai ao encontro de Bran (Isaac Hempstead Wright), e tenta se desculpar pelo que lhe fez no passado, mas Bran diz não ser mais a mesma pessoa, e que não odeia ninguém. Jaime questiona se ele vai delata-lo depois que tudo acabar, e Bran pergunta como ele pode saber se haverá um depois. Mais tarde, Jaime se reúne com Tyrion, e confirma a gravidez de Cersei. Nesse cenário, Theon (Alfie Allen) chega com piratas das Ilhas de Ferro para prestar seu apoio na defesa de Winterfell, e Gendry (Joe Dempsie) finalmente confecciona a lança com dragonglass encomendada por Arya (Maisie Williams), a qual, no clímax da expectativa do apocalipse zumbi descobre ser ele o filho bastardo de Robert Baratheon (Mark Addy), e os dois fazem sexo. Tormund (Kristofer Hivju), Beric (Richard Dormer) e Edd (Ben Crompton) chegam à Winterfell e avisam que o exército do Rei da Noite deve chegar antes do sol nascer, e Sam (John Bradley), que deve ficar escondido na cripta com Billy (Hannah Murray) e outros indefesos, entrega à Jorah Heartsbane, a espada de aço Valeriano que pertenceu à sua família para ajuda-lo na batalha em agradecimento à tudo o que aprendeu com o ex-Comandante Mormont (James Cosmo).

MV5BZWExMWQ2OTItNTUwOS00NjFjLThlNzItNWM0NTZkYWZlOTU4XkEyXkFqcGdeQXVyMjIyMTc0ODQ@._V1_SY1000_CR0014041000_AL_.jpg

Numa reunião estratégica, Bran revela à todos que o Rei da Noite quer mata-lo porque como Corvo de Três Olhos, ele é o repositório da história da humanidade, e que o objetivo do exércitos de mortos-vivos é acabar com a história do homem. Fica então decidido que Bran, protegido por Theon e seus homens, será a isca para o Rei da Noite, e que a morte deste irá automaticamente dizimar seu exército. Enquanto isso, Missandrei (Nathalie Emmanuel) não se mostra muito feliz com a vida em Westeros, e Verme Cinzento (Jacob Anderson) lhe promete que depois que Daenerys se sentar no trono de ferro, ele a levará de volta para casa. No castelo, Tyrion e Jaime se embriagam, e Brienne e Podrick (Daniel Portman) se juntam à eles. Pouco depois, Davos (Liam Cunningham) e Tormund também aparecem. Depois de contar a bizarra história de origem de seu apelido, a qual inclui o fato de ter sido amamentado por uma gigante, Tormund questiona o motivo para Brienne não poder ser cavaleiro dos sete reinos, ao que Jaime lhe confere o tão desejado título. Enquanto isso, na cripta dos Stark, Jon está diante da estátua de Lyanna (Aisling Franciosi). Daenerys, que foi evitada por ele ao longo de todos os eventos do episódio, aproxima-se e lembra das histórias que ouviu sobre seu irmão Rhaegar (Wilf Scolding), e como lamenta o fato dele ter sequestrado a tia de Jon e a estuprado. Jon então diz que os dois se amavam, que se casaram em segredo e que tiveram um filho, ao que finalmente revela ser Aegon Targaryen. Daenerys fica em choque, e depois em negação, para então dizer que ele é o último herdeiro varão dos Targaryen, ao que a chegada do exército de mortos-vivos é anunciada, e os dois correm para as muralhas do castelo.

Pontos Altos do Episódio:

  • O confronto de Jaime com Daenerys e os Stark. Na iminência da batalha que pode dizimar a humanidade, nada mais lógico do que perdoar os que estão do lado dos vivos.
  • A conversa entre Daenerys e Sansa. O gelo é quebrado até mesmo com piadas sobre a altura de Jon Snow, mas a verdade é que Sansa tem motivos maiores para temer a ascensão de Daenerys ao trono de ferro.
  • A revelação de Jon à Daenerys sobre sua linhagem. A noticia pode ter acabado com o romance, mas quais serão as consequências? Será que Daenerys protegerá o legítimo herdeiro no campo da batalha que está por vir?
  • Tyrion se prontifica à ouvir a jornada de Bran. Talvez ele volte agora à ser aquele que bebe e sabe das coisas? Terá Bran lhe contado a verdade sobre Jon?
  • Bran revela que nem mesmo ele sabe se haverá um depois. Pior do que isso, é saber que muitos personagens favoritos irão cair na batalha em Winterfell que deve acontecer no próximo episódio.
  • O objetivo do Rei da Noite. É revelado por Bran que o Rei da Noite quer destruir a memória humana e a história do homem.
  • Sobre Bran como isca, tudo pode acontecer. E que tal se o Rei do Noite pretende marchar direto para Porto Real enquanto seus cavaleiros dizimam Winterfell? Talvez a grande batalha contra o Rei da Noite aconteça na própria sala do trono de ferro.

A última temporada de Game of Thrones é transmitida pela HBO Brasil.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios