Resumo do episódio #3.15 de This Is Us: “The Waiting Room”

O décimo quinto episódio da terceira temporada de This Is Us é talvez o episódio mais sem sentido e mais desconfortável de toda a série desde sua estreia. O drama acontece na sala de espera do hospital onde Kate se encontra internada desde que sua bolsa d’água rompeu ao final do episódio anterior. Nesse cenário, o pior dos Pearson vem à tona em meio à acusações, insultos e discussões acaloradas que envolvem problemas pessoais e totalmente fora de contexto.

MV5BZDJmOTNiZDktNmYxNS00MjhmLWE1NmEtMDM2YTAyMzUxMGFhXkEyXkFqcGdeQXVyMjYwNDA2MDE@._V1_

Depois de ser levada às pressas ao hospital ao final do episodio anterior, Kate (Chrissy Metz) se encontra internada, enquanto Rebecca (Mandy Moore), Miguel (Jon Huertas), Randall (Sterling K. Brown), Beth (Susan Kelechi Watson), Kevin (Justin Hartley) e Zoe (Melanie Liburd) aguardam noticias sobre sua gravidez na sala de espera. Como Toby (Chris Sullivan) está com Kate o tempo todo, e é o único que se encontra à par de sua situação, a família tem apenas como conforto as palavras de seu obstetra, Dr. Monroe (Assaf Cohen), no sentido de que ela se encontra fora de perigo. Claro que tudo se complica quando Kevin descobre através de uma das enfermeiras que o Dr. Monroe entrou em cirurgia logo depois do comunicado, e nada mais pode ser informado aos parentes sobre o quadro de Kate. Nesse meio tempo, os Pearson descontam uns contra os outros suas angustias pessoais. Num primeiro momento, há o problema entre Randall e Beth sobre a agenda desta que compromete a rotina com as filhas do casal. Beth não pretende abrir mão de seu sonho em retornar à dança, enquanto Randall insiste em dizer que vê-la feliz o fará feliz, o que ela aponta como sendo uma declaração egoísta. Quando os dois sugerem que Rebecca e Miguel poderiam ajuda-los com as crianças, Rebecca anuncia estar planejando se mudar para Los Angeles com fins de ficar próxima de Kate e do neto. No final, Randall e Beth continuam no mesmo pé que ao término do episodio da semana anterior, qual seja, sem solução quanto ao problema sobre quem tomará conta das filhas na ausência de ambos.

MV5BZDRiMjczNDEtY2EwYi00MGFkLWJiOTYtMzYzMTc1YTJlMGRmXkEyXkFqcGdeQXVyMjYwNDA2MDE@._V1_

O segundo conflito diz respeito à recente recaída de Kevin no alcoolismo. Embora todos afirmem não o estarem julgando, os olhares são de puro descontentamento. Tudo fica mais complicado quando Madison (Caitlin Thompson), amiga de Kate, aparece com donuts para todos e tenta interagir com os Pearson e seus problemas pessoais, ao que acaba sendo ofendida por um bastante amargo Kevin. Este, por sua vez, tenta se explicar ao mesmo tempo em que briga com Randall, mas Rebecca lembra os filhos que ali não é o lugar para resolverem seus problemas pessoais, e que a única preocupação no momento diz respeito à Kate e ao neto. Zoe, que nada sabia sobre a recaída de Kevin, mostra-se ao seu lado na intenção de ajuda-lo, mesmo quando Beth lhe diz que compreende se ela decidir pular fora da relação. E depois de Kevin lhe prometer que não irá mais mentir, e de Zoe descobrir que ele retornou à sala de espera depois de uma rápida saída com uma garrafa de água repleta de vodca, as coisas podem já não ser mais como antes entre os dois. Em meio à lavagem de roupa suja, Miguel é o único que tenta contornar a situação, enquanto Rebecca se mostra reflexiva, e revela lembrar de quando estava na sala de espera do hospital onde Jack (Milo Ventimiglia) era atendido por conta de suas queimaduras na noite em que morreu. É essa a deixa para que todos se acalmem.

O episódio termina com o anuncio de Toby à todos de que Kate deu à luz, e que embora ela esteja bem, o bebê se encontra em observação numa maquina para ajuda-lo à respirar. Pouco depois, Toby aparece com Kate e o filho prematuro na sala de observação. Kate obviamente decide batizar o filho com o nome de Jack, e promete à Toby que ele ficará bem.

Pontos Altos do Episódio:

  • Randall e Beth. O episódio dá voltas quanto ao problema do casal no que diz respeito ao futuro de Beth na dança, e não traz solução alguma. Será a primeira de muitos conflitos entre os dois?
  • Kevin e Zoe. Embora Zoe tenha se mostrado estar ao lado de Kevin, e que provavelmente o ajudará em sua recuperação, houve uma quebra de confiança. Como serão as consequências para o futuro do casal, ainda não sabemos.
  • Não muito apreciado pelos fãs, Miguel consegue cada vez mais se redimir como o personagem deixado de escanteio por ser aquele que preencheu o vazio deixado por Jack na vida de Rebecca. Ele pode estar longe de ser o homem de família que foi Jack, mas tem se mostrado um excepcional mediador e apaziguador de conflitos.
  • Madison nunca se mostrou uma personagem apreciável, mas aqui também mostrou seu melhor lado ao estar presente como melhor amiga de Kate. Do mesmo modo como Miguel, ela roubou a cena como alguém tentando ajudar num momento difícil enquanto os Pearson mostram seu pior lado na funesta inversão sugerida no episódio.

This Is Us é transmitida pelo canal NBC e pode ser conferida via Fox Premium.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios