Resumo do episódio #5.20 de Vikings: Ragnarok (final de temporada)

Poder é sempre perigoso. Atrai o pior e corrompe o melhor. (…) Poder só é dado para aqueles que estão dispostos a abrir mão de si mesmos por ele.

Ragnar Lothbrok, episódio #3.01

No último episódio da quinta temporada de Vikings, Harald e Bjorn se unem à Hvitserk e Olaf numa batalha sem precedentes contra Ivar na tentativa de destrona-lo e de tomar Kattegat à força.

Em Kattegat, Ivar (Alex Høgh) descobre que dois exércitos estão marchando em sua direção enquanto as defesas da cidade são reforçadas, e que além de Bjorn (Alexander Ludwig) e Harald (Peter Franzén), Hvitserk (Marco Ilsø) e Olaf (Steven Berkoff) estão para ataca-lo. Enlouquecido, ele ri e conclui que agora que sabe que todos os seus irmãos estão contra ele, tem a certeza de seu destino. Enquanto isso, Bjorn, Harald, Hvitserk e Olaf descobrem que Ivar está preparando Kattegat para enfrenta-los. Olaf então considera a possibilidade de fazerem um acordo, mas Hvitserk aponta ser inútil. À noite, no acampamento, Olaf diz que a batalha entre irmãos trará o inferno sobre a terra, culminando uma guerra que deve durar três invernos. Olaf então reconta Ragnarok, e Magnus (Dean Ridge) fica apreensivo. Harald então diz que é apenas uma história. Pela manhã, nos aposentos de Ivar, este pede perdão à Freydis (Alicia Agneson), e ela o perdoa. Nisso, o ataque começa.

MV5BZDYxYjJkOTgtOTYzYi00MzI1LTgwYmUtMTY2YzhmZjgzN2JhXkEyXkFqcGdeQXVyNTU1MzY4NzQ@._V1_.jpg

O exército liderado por Harald e Bjorn chega ao sul de Kattegat, e Ivar está ao alto da muralha com arqueiros, esperando-os. Vários ataques com flechas são ordenados; inúmeras baixas do lado dos invasores acontecem enquanto Ivar ri histericamente. Enquanto isso, o exército liderado por Hvitserk e Olaf se prepara para atacar ao portão norte de Kattegat. Escadas são levantadas ao alto da muralha, e Hvitserk consegue subir, atacando vários soldados de Ivar. Do outro lado, Bjorn é provocado por Ivar, que grita do alto da muralha que ele chegou tarde demais. Óleo quente é despejado contra os homens de Harald, os quais são incendiados vivos, ao passo em que Olaf grita para que seus homens vejam a morte de humanidade. Do alto a muralha, Harald é surpreendido, e se joga do lado de fora, caindo de costas ao chão, dando a entender que se feriu gravemente. Hvitserk também volta para o lado de fora de Kattegat, protege-se dos disparos de flecha ao lado de Harald, e considera bater em retirada. Contudo, Harald o alerta de que Bjorn pode estar tendo melhor sorte do outro lado, e que eles não devem abandona-lo.

MV5BZWFkMjg5MzMtMzQ2MC00ZGE5LWI3OTYtMzIwOTQ1NzY0OTlmXkEyXkFqcGdeQXVyMzY1MjY1NTY@._V1_.jpg

Na entrada principal, Bjorn e vários soldados de Harald usam um aríete para tentar arrebentar os portões de Kattegat. Quando os portões finalmente se rompem, e Bjorn consegue entrar com uma leva de soldados, é revelado que a entrada é falsa, e que há vários soldados de Ivar que o esperam do outro lado. Ivar ordena o fechamento dos portões, e Bjorn e seus homens ficam cercados por todos os lados. Disparos de flecha vão dizimando o grupo, e o fim parece certo para Bjorn, quando Gunnhild (Ragga Ragnars) consegue resgata-lo. Os dois conseguem sair de dentro da muralha, e Bjorn ordena a retirada, para comemoração de Ivar. Do outro lado, Magnus finalmente se sente um verdadeiro vikings sob a proteção de Odin, e decide subir a muralha, mas é puxado por Harald, que ordena retirada. Magnus revela finalmente saber quem é, quando então é atingido por uma flecha e morre nos braços de Harald. Enquanto se afasta, para deleite de Ivar, Bjorn se impõe aos seus adversários, lembrando-os quem ele é, e que está ali por eles, vizinhos e amigos de infância, e por Kattegat. Ivar ordena que o matem, e quando ninguém o obedece, ele mesmo atira uma flecha, a qual atinge o escudo de Bjorn, que vai embora.

MV5BNzcyZDQyZGUtNzA1YS00OWRiLTllMTUtZmVkMWQxODVhODY0XkEyXkFqcGdeQXVyMzY1MjY1NTY@._V1_.jpg

No acampamento, Harald revela que talvez eles não tenham outra chance de atacar Kattegat. Hvitserk e Bjorn, no entanto, não desistem da ideia de tentar novamente. À noite, Gunnhild faz sexo com Bjorn no anseio de engravidar, mesmo que não sobreviva no dia seguinte. Em Kattegat, Ivar e seus homens celebram a vitória na primeira batalha, e Freydis assiste com desprezo. Mais tarde, ela visita o acampamento de Bjorn, Harald, Hvitserk e Olaf, e revela existir uma passagem secreta pela qual eles podem entrar na cidade, e que ela os ajudará. No dia seguinte, Kattegat é invadida, e Bjorn, Harald, Hvitserk e os homens de Olaf confrontam o exército de Ivar. No processo, Bjorn consegue fazer com que vários moradores de Kattegat não resistam, e Ivar foge para a sala do trono depois de ver que está derrotado. Ali, ele confronta Freydis, a qual admite tê-lo traído ajudando Bjorn e Hvitserk, e ele a esgana, matando-a. Do lado de fora, Bjorn é quase morto, mas é salvo por Harald, que é gravemente ferido no processo.

vikings-recap.jpg

Bjorn e Hvitserk entram na sala do trono atrás de Ivar, mas encontram apenas Freydis morta em seu leito e o crânio de seu filho morto. Do lado de fora, Olaf os recebe com uma bandeira, anunciando ser para o inicio de um novo ano e para Bjorn Ironside. Pouco depois, Ubbe (Jordan Patrick Smith) emerge da multidão logo seguido de Torvi (Georgia Hirst). Ele abraça Bjorn, mas ignora Hvitserk. Ao ver Lagertha (Katheryn Winnick), Bjorn se emociona, e ela lhe entrega a espada dos reis, clamando por seu nome como novo rei. De repente, a cena muda. Bjorn está com a espada cheia de sangue e vários corpos ao seu redor. Ele lembra de quando Ragnar (Travis Fimmel) lhe explicou do alto das montanhas de Kattegat que poder era algo perigoso ao atrair o pior e corromper o melhor; e que ele somente é dado aos que estão dispostos a abrir mão de si por ele. Logo depois, Bjorn vê o Vidente (John Kavanagh), o qual anuncia que ele pode agora fazer uso do novo mundo como ele puder. Ao perguntar qual o seu papel, Bjorn tem como resposta do Vidente que ele jamais será esquecido, mas lembra que a guerra não acabou.

Na última cena do episódio, Ivar aparece escondido numa carroça e é escoltado para longe de Kattegat.

Pontos Altos do Episódio:

  • Olaf é a loucura em pessoa. Não fará mal algum se ele retornar na próxima temporada.
  • Harald salva Bjorn. Se nos últimos episódios ele parecia ser uma ameaça ao primogênito de Ragnar ao ter Grunnhild como pivô de uma disputa amorosa, Harald se torna seu maior aliado ao defendê-lo e seguir adiante com o plano de invasão quando tudo parece perdido.
  • O plano de Ivar de fazer uma entrada falsa e enganar Bjorn. Foi certamente o momento mais surpreendente, e embora deus ex machina tenha trabalhado à favor de Bjorn, a sensação foi a de que a guerra acabaria ali mesmo.
  • Magnus sai de cena. Tendo entrado na historia sem grandes expectativas ao longo da segunda metade da temporada, não mostrou grandes avanços, e deixou a narrativa tão depressa quanto entrou, acreditando ainda na mentira de que era filho de Ragnar, mas ao menos descobrindo quem era.
  • Freydis trai Ivar. Instável, a personagem mostrou à que veio: ter um filho deformado e morto pelo pai, e enlouquecer mais ainda ao ponto de arriscar a própria vida para trair aquele que talvez tenha verdadeiramente amado, mas com o qual mergulhou em profunda insanidade.
  • O reencontro de Bjorn com Lagertha. Personagens secundários na segunda metade da temporada, em que Alfred, Ubbe e Hvitserk ganharam mais destaque, os membros da primeira família de Ragnar se tornam protagonistas das grandes mudanças que estão por vir.
  • Ragnar e Vidente na sequência de visão de Bjorn. É o prenúncio de que muita coisa ainda deve acontecer antes do final da guerra contra Ivar. Sem um exército, o que será do caçula de Ragnar? E ele um dia ainda enfrentará Alfred, o Grande? E quando Alfred se tornará “o Grande”?

Vikings é originalmente transmitida pelo canal History, e pode ser também conferida pelo canal pago Fox Premium 2.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios