Attack On Titan: resumo do episódio #3.11 – “Bystander”

No décimo primeiro episódio da terceira temporada de Attack On Titan, dois meses se passaram da coroação de Historia, e os escoteiros tem agora uma nova arma contra os titãs que se aproximam da muralha, enquanto Eren tenta resgatar as memorias de seu pai e descobre mais à seu respeito durante um encontro com o ex-comandante dos escoteiros, Keith Sadies.

Historia_looks_after_orphans

O episódio começa com Historia trabalhando com órfãos com a ajuda de Eren, Armin e Jean, dois meses depois de sua coroação. Nesse meio tempo, Eren passou por experimentos, e Historia lhe pergunta o que ele fará quando reencontrar Reiner e Bertholdt, ao que ele lhe diz que deve mata-los. Por fim, ela explica que eles não devem lamentar o que fizeram e o que devem fazer. Mikasa aparece e ajuda Eren, informando que ele deve estar cansado e precisa poupar energias por conta dos experimentos. Nesses dois meses, é mostrado que a nova habilidade de Eren revelada na caverna de cristal da família Reiss ajudou os escoteiros à desenvolverem uma nova arma contra titãs que se aproximam das muralhas sem a necessidade de sacrificar soldados. Hange celebra a conquista, mas ao constatar um sangramento de nariz de Eren, Levi revela que ele está se esforçando demais nos experimentos envolvendo suas habilidades de titã. Eren revela não estar preocupado com isso, e que faz questão de dar seu máximo para que a arma funcione e para que eles finalmente possam retornar ao distrito de Shiganshina para recuperar a muralha Maria.

Jean_complains_about_Eren's_mumbling

Mais tarde, depois do jantar, Conny revela que deve partir na manhã seguinte para sua antiga vila, e Sasha especula que os humanos que se tornaram titãs, como a mãe de Conny, jamais poderão um dia voltar à sua antiga forma, ao que Armin concorda com ela. Nisso, Eren se lembra do que Ymir disse pouco depois de serem sequestrados por Reiner e Bertholtd, e conclui que os titãs são pessoas atormentadas por pesadelos. Jean lhe pede para tentar se lembrar das memorias de seu pai, Grisha Jaeger, e Eren lembra de um rosto que já viu antes. Ele então busca em suas lembranças quando ainda criança, e descobre que o rosto é de Keith Sadies, o ex-comandante do 12o Regimento dos escoteiros antes de Erwin Smith, e comandante responsável pelo treinamento quando eles ainda eram cadetes. Hange, Levi e o esquadrão vão então ao centro de treinamento para encontrar Sadies, e todos se reúnem numa sala. Ali, Keith olha para Eren, e diz como ele se parece com Carla, sua mãe, embora os dentes e os olhos sejam de seu pai.

Keith_asks_Grisha_what_he_wants_to_do

Numa sequência em flashback, é mostrado que Keith conheceu Grisha há vinte anos, tendo-o encontrado perambulando do lado de fora da muralha, em território titã. Desmemoriado, Grisha apenas se lembra de seu nome e de seu ofício. Detido pelos escoteiros, e posteriormente reintegrado por Keith, Grisha começa então à trabalhar como médico num hospital, e atende Carla durante uma epidemia de gripe. Carla é a garçonete pela qual Keith está apaixonado, mas ela e Grisha eventualmente se casam. Acreditando ser especial, e que é o escolhido, Keith reencontra Carla alguns anos depois. Ela agora tem um filho com Grisha, Eren. Keith passa à questionar sua importância e o fato de ser incapaz de evoluir ou de alcançar grandes feitos, e decide então transferir o comando dos escoteiros para Erwin.

Eren_tells_Grisha_and_Keith_about_Carla

É revelado que Keith estava no distrito Trost quando a muralha Maria foi destruída, e que ele reencontrou Grisha, o qual estava de passagem pelo distrito em sua viagem para tratamento de pacientes pelo interior. Ali, os dois encontram Eren, e descobrem que Carla morreu devorada por um titã. Keith testemunha Grisha pedir ao filho para vingar a morte da mãe, e o vê levar para a floresta. Depois de um clarão de luz no meio da mata, Keith vai atrás deles, e encontra apenas um desmaiado Eren, o qual leva para o abrigo, onde ele se reune com Mikasa e Armin. Ao final do relato de Keith, Hange fica desapontada com o motivo de sua resignação do comando ser o fato de que ele não se achava especial. Ela o acusa de sofrer complexo de inferioridade, e Eren lhe pede para se acalmar, dizendo que ele mesmo também não é especial, mas que é filho de alguém que foi especial.

Na última cena em flashback, Keith revela sua última conversa com Carla, onde ela lhe informa que ser especial não significa coisa alguma, e que ela não se importaria com o fato de Eren não ser especial. Por fim, Keith lembra como tentou sabotar o treinamento de Eren ao danificar seu equipamento, e como apesar disso Eren jamais desistiu de entrar do regimento.

Attack on Titan pode ser conferido via Funimation.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios