Resumo do episódio #2.14 de This Is Us: Super Bowl Sunday

O décimo quarto episódio da segunda temporada de This Is Us finalmente mostra como Jack (Milo Ventimiglia) morre vinte anos antes na noite do Super Bowl, bem como a forma como a família comemora o aniversário de sua morte.

No episódio da semana passada foi mostrado que Rebecca (Mandy Moore) preparou um chili na Crock-Pot com defeito para a noite do Super Bowl e que ninguém comeu, já que Kate (Hannah Zeile) foi para a casa de uma amiga, Randall (Niles Fitch) foi ao cinema com a namorada, e Kevin (Logan Shroyer) foi comemorar com Sophie a admissão desta na Universidade de Nova York, não sem antes ter uma discussão com Jack. Por conta da falta de pilhas que os Pearson esqueceram de comprar, o alarme não funcionou quando do incêndio causado pela Crock-Pot ao final do episódio da semana passada. O episódio então começa com Jack, que ao acordar com a garganta seca, nota a fumaça atravessando as frestas da porta, e descobre que a casa está pegando fogo.

2

Jack então acorda todos e traz Randall para o quarto de casal, onde fica a janela mais segura pela qual eles podem escapar. A parte mais difícil fica por conta do resgate de Kate do outro lado do corredor e das escadas. Ela está em pânico quando Jack chega para ajuda-la à fazer o caminho de volta com ele. Ele então pega um colchão para bloquear as chamas como um escudo e, segurando-o pelas bordas, protege a filha do fogo até chegarem ao quarto onde Rebecca e Randall os esperam. Nesse processo, as mãos de Jack sofrem várias queimaduras. Agindo com total controle da situação enquanto todos estão em pânico, ele se encarrega de transformar o lençol numa corda e faz descer todos pela janela. Chegada sua vez, no entanto, Louie, o cãozinho de Kate, começa à latir dentro da casa, deixando-a desesperada.

3

Incapaz de ignorar os apelos da filha do alto da janela do quarto, Jack decide voltar para dentro para resgatar Louie, à despeito dos protestos de Rebecca. Os três ficam desesperados do lado de fora ao notarem as labaredas surgirem na janela onde Jack desapareceu instantes antes. De repente, ele emerge pela porta da frente da casa, não apenas com Louie nos braços, mas com vários álbuns de fotografia e vídeos caseiros que conseguiu salvar. Randall e Kate vão para a casa de Miguel (Jon Huertas), enquanto Rebecca vai para o hospital com Jack para que suas queimaduras sejam tratadas. No hospital, o casal respira aliviado por todos estarem bem, e quando Rebecca o deixa no quarto para fazer reservas num hotel e comprar um chocolate, Jack morre em virtude de uma parada cardíaca. Segundo o médico, sua garganta e seu coração não suportaram a quantidade de fumaça que respirou. Em negação, Rebecca volta para o quarto, mas o ver Jack morto, cai em profundo desespero. Na casa de Miguel, Rebecca anuncia a tragédia que arruinará para sempre a vida dos filhos.

43.jpg

No presente, Kate (Chrissy Metz) faz o que sempre faz no dia do Super Bowl desde a morte de Jack: assiste vídeos caseiros da família. Toby (Chris Sullivan) tenta argumentar, mas ela o lembra o quão se sente culpada pelo fatídico desfecho que culminou no óbito do pai, e ele desiste de tentar convencê-la do contrário. De repente, a fita emperra no vídeo-cassete, e Kate se desespera. Toby tenta salvar a fita, mas ela está enrolada demais no cabeçote. Os dois vão então até um técnico com o aparelho e a fita enrolada, e este consegue recuperar a fita para a felicidade de Kate, que pode continuar com as lembranças do pai pré-historicamente armazenadas.

52-e1517872845586.jpg

Kevin (Justin Hartley), por seu turno, passa seu primeiro Super Bowl sem o pai sem poder embebedar-se, já que acabou de se submeter à um tratamento numa clinica de reabilitação. Ainda hospedado na casa de Rebecca e de Miguel, ele pergunta à mãe como ela geralmente passa o dia do aniversário da morte do pai, e ela revela fazer a lasanha favorita de Jack e comê-la em frente à televisão enquanto assiste o Super Bowl. Kevin contesta, mas ela aponta que é como se Jack sempre quisesse vê-la feliz, mesmo já não estando entre eles, e lembra do primeiro aniversário de sua morte, quando começou à ficar triste e ligou o rádio do carro, ao que a música favorita dos dois estava tocando. Ela mudou a estação, e a mesma música tocava, ao que ela sorriu, como se tivesse entendido o sinal.

61.jpg

Pouco depois, Kevin vai visitar o lugar onde as cinzas de Jack foram jogadas, riscando assim o último nome de sua lista de pessoas com as quais precisava se desculpar. Sentado ao pé da arvore onde William (Ron Cephas Jones) também teve um encontro com o pai adotivo de Randall (Sterling K. Brown) ao final da primeira temporada, Kevin conversa com Jack, fazendo emendas no que diz respeito à última noite que passaram juntos. Ele se emocionada ao pedir desculpas pelas últimas palavras que lhe disse, e anuncia não ser a metade do homem que ele um dia foi, mas que vai se esforçar para ser melhor para que Jack tenha orgulho dele um dia, nem que mais vinte anos se passem para que isso aconteça.

7.jpg

Diferentemente de Kate e Kevin, é mostrado como Randall (Sterling K. Brown) passa os domingo do Super Bowl com a família: com uma grande festa, para, segundo ele próprio, celebrar o dia favorito de Jack. Beth (Susan Kelechi Watson), que tenta à todo momento tentar fazê-lo parecer o mais normal possível em meio à uma empolgação sem fim numa festa na qual ele inadvertidamente chama todas as amigas de Tess (Eris Baker), a qual está o tempo todo aborrecida. Quando o lagarto de Annie (Faithe Herman) morre, e Randall transforma o acontecimento num discurso sobre a morte daqueles que amamos, Tess foge para o quarto, e numa conversa com o pai, revela sentir-se negligenciada como filha. Randall garante que ela é seu “número um”. Pouco depois, Deja (Lyric Ross) aparece para conversar com Beth e Randall, e Tess os vê.

No último segmento do episódio, vemos o garotinho órfão Jordan (Jonny Berryman) na iminência de encontrar sua nova família. É revelado o casal que está prestes à adota-lo, e não se trata de Beth e Randall, os quais pretendem novamente adotar. A cena é, na verdade, um flashforward que mostra uma agora adulta Tess (Iantha Richardson) como a amável assistente social responsável pela adoção de Jordan.

Pontos Altos do Episódio:

  • A cena do incêndio é decisivamente o momento mais marcante do episódio. Jack é definitivamente o Super-Homem. Ele não apenas enfrenta labaredas de chamas para salvar a esposa, os filhos e o cachorro que a filha ama, como também salva um álbum de fotos e vídeos caseiros e ainda encontra forças para levantar o ânimo da família, quando sequer tem fôlego.
  • Embora as melhores frases de otimismo sejam sempre de Jack, Rebecca não deixou por menos ao lembrar os filhos depois que todos estavam são e salvos, que eles apenas perderam uma casa. Uma pena que mal sabia ela o que estaria ainda por vir naquela noite.
  • A reação de Rebecca ao anúncio do óbito de Jack pelo médico. Negação e choque. Mandy Moore simplesmente transformou o acontecimento mais traumatizante na vida dos Pearson em algo ainda mais dramático, como se apenas o fato da morte de Jack ter acontecido logo depois de um momento de alívio já não fosse o bastante.
  • O segmento em flashforward com Tess e Randall é a prova de que Pearson sempre dão um jeito de seguir em frente.

This Is Us é transmitida pelo canal NBC e pode ser conferida via Fox Premium.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios