Cinema Críticas Filmes

Corrida do Oscar 2018: The Post – A Guerra Secreta

Steven Spielberg empresta seu talento na direção de The Post, traduzido para A Guerra Secreta, uma produção genuinamente merecedora dos maiores prêmios da Academia. Escrita por Liz HannahJosh Singer, a produção mostra os bastidores da publicação de documentos secretos do governo pelo The Washington Post, o que inaugurou a conspiração Watergate que, em última instância, levou à renúncia do presidente Richard Nixon.

1

O filme começa em 1966, quando o analista militar Daniel Ellsberg (Matthew Rhys) acompanha as tropas americanas e documenta o progresso da guerra do Vietnã ao então secretário de defesa, Robert McNamara (Bruce Greenwood). Anos depois, frustrado e desgostoso com a forma com que o governo esconde a futilidade da guerra, ele toma ação copiando documentos secretos que cobrem os 20 anos de atividades clandestinas dos Estados Unidos na guerra do Vietnã e que viriam à se tornar os infames “documentos do Pentágono”, e os entrega para jornalistas do The New York Times, que os publica.

2

Paralelamente, no The Washington Post, maior concorrente do Times, a herdeira da companhia, Katherine Graham (Meryl Streep), é uma mulher sem voz num mundo de homens que assumiu o controle do jornal após o suicídio do marido, o qual, por sua vez, sucedeu o sogro. Ao mesmo tempo em que assume a companhia no delicado momento de seu lançamento no mercado de ações, Katherine é apresentada com uma pessoa com falta de confiança em sua habilidade como mulher em liderar o jornal, cujo poder e importância são constantemente enfatizados.

3

Constantemente criticada por uma banca de conselheiros, ela precisa encontrar a voz da razão num momento decisivo em que o papel da imprensa e as suas relações pessoais são colocados em lados opostos de uma balança quando uma cópia completa dos documentos do Pentágono cai nas mãos do The Washington Post. Opiniões divergem nos bastidores do Post quanto à publicação do material, principalmente quando o Times é penalizado e uma restrição judicial da Suprema Corte proíbe terminantemente qualquer publicação pela imprensa de material secreto do governo.

4

Com o apoio de Ben Bradlee (Tom Hanks), editor chefe, e determinada à transformar o jornal em renomada instituição jornalística em respeito aos princípios da liberdade de imprensa e da informação, Katherine escolhe colocar em risco o legado de sua família ao autorizar a publicação da matéria. Uma retaliação da parte da Casa Branca acontece, e Post e Times defendem lado à lado seu direito de publicar o material com base na Primeira Emenda, enquanto todos os demais jornais do país republicam a história em solidariedade.

Embora o filme não explore mais à fundo as consequências da vitória do Post e do Times na Suprema Corte, a cena final, mostrando a infame invasão do escritório do Comité Nacional Democrático no edifício Watergate que culminou a posterior renúncia de Richard Nixon, basta por si só. Mais do que um filme sobre o prelúdio de um escândalo político, The Post é uma produção corajosa que mostra a realidade de várias mulheres que precisam enfrentar as hostilidades de um meio predominantemente masculino.

O destaque em The Post são obviamente as estupendas performances de Meryl Streep, de Tom Hanks e de Bob Odenkirk. Contudo, o olhar genial de Spielberg na direção, aliado à cinematografia de Janusz Kaminski e à trilha sonora do sempre espetacular John Williams tornam o filme uma das melhores produções do ano e um genuíno candidato aos prêmios nas categorias referidas.

Embora merecedor de muito mais prêmios do que os indicados, The Post: A Guerra Secreta concorre ao Oscar 2018 em apenas duas categorias, incluindo a de melhor atriz para Meryl Streep e a de melhor filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s