Resumo do episódio #5.06 de Vikings: The Message

No sexto episódio da quinta temporada de Vikings, Lagertha é traída por Floki, enquanto Bjorn muda seu destino e Ivar faz uma inesperada aliança.

1

Na África, cercados pelos assassinos de Ziyadat Allah (Kal Naga) e de Kassia (Karima McAdams) em pleno deserto, Bjorn (Alexander Ludwig), Sinric (Frankie McCafferty) e Halfdan (Jasper Pääkkönen) conseguem lutar e sobrevivem à morte certa. Ziyadat e Kassia fogem, e Bjorn e sua tripulação partem para casa.

Enquanto isso, em Kattegat, Lagertha (Katheryn Winnick) e Ubbe (Jordan Patrick Smith) surpreendem Floki (Gustaf Skarsgård) e seu grupo de seguidores na iminência de embarcarem para a terra prometida. Entre eles, um espião de Torvi (Georgia Hirst) que havia revelado os planos de Floki. Eventualmente, porém, Lagertha os deixa partir, não encontrando lógica em mantê-los à força sob seus domínios. Floki se despede amigavelmente dela, e chega em solo islandês com seus seguidores. Ali, eles caminham vários dias e se mostram desanimados ao constatarem que a ilha não é fértil e que tampouco é o que esperavam. Floki lhes pede paciência, apontando que o começo nunca é fácil.

2

Ivar (Alex Høgh Andersen) chega à Vestfold, onde propõe uma aliança com Harald (Peter Franzén) na batalha por Kattegat. Contudo, embora o acordo seja para ajudar Harald na derrocada de Lagertha para que ele assuma o trono, Ivar tem outros planos que consistem em manter a linha sucessória de Ragnar. Nesse meio tempo, Astrid (Josefin Asplund) trai Harald e contrata os serviços do pescador Hakon (Laurence O’Fuarain) para enviar uma mensagem de alerta à Kattegat anunciando a invasão liderada por Ivar e Harald dentro de dois meses. Astrid lhe oferece joias, mas Hakon a ameaça e faz sexo com ela em troca. Ela resiste, e acaba ainda sendo estuprada por toda a tripulação. Apesar de tudo, a mensagem é entregue. Enquanto isso, Ivar provoca o bispo Heahmund (Jonathan Rhys Meyers) para que se junte à ele, revelando admira-lo e sentir até mesmo inveja de sua força como guerreiro. Transtornado por acreditar ter sido abandonado por Deus, Heahmund eventualmente aceita com fúria a proposta, para deleite de Ivar.

3

Na Inglaterra, Aethelwulf (Moe Dunford) ordena retirada para evitar novo ataque viking, e enquanto elogia o desempenho de Aethelred (Darren Cahill), apontando que ele será um grande rei, Alfred (Ferdia Walsh-Peelo) jura diante do túmulo de Ecbert (Linus Roache) que irá seguir seus ensinamentos para a reunificação de todos os reinos da Inglaterra e decide partir em peregrinação à Lindisfarne, onde Athelstan (George Blagden), seu verdadeiro pai, era monge quando Ragnar (Travis Fimmel) e seus homens invadiram a pequena ilha e o tomaram como prisioneiro e o levaram para Kattegat no segundo episódio da primeira temporada.

Pontos Altos do Episódio:

  • Infelizmente a aventura de Bjorn e Halfdan pelo Mediterrâneo acabou antes do esperado. A sobrevida de Ziyadat e de Kassia pode, no entanto, significar um reencontro, considerando que a inimizade à distância é um elemento marcante desde a primeira temporada da série.
  • Lagertha e Ubbe continuam sem grandes momentos na narrativa, o que pode significar de duas uma: ou eles darão à volta por cima na batalha por Kattegat, ou os personagens estão com os dias contados.
  • A jornada de Floki em terra desconhecida, agora acompanhado por seguidores, ainda é um dos maiores frescores da temporada. Claro que muitos ainda querem vê-lo voltar à empunhar sua machadinha, mas ver o personagem em busca de espiritualidade é a grande reviravolta que ele precisava.
  • Heamund aliando-se à Ivar é talvez uma das maiores surpresas do episódio, embora ele não tivesse mesmo muito opção. Agora, Harald acreditando que pode mesmo confiar em Ivar é a pior piada na série.

Vikings é transmitida pelo canal History.

 

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios