Review Séries Vikings

Resumo dos episódios #5.01 e #5.02 de Vikings: The Departed

A nova temporada de Vikings começa de forma intensa, e com a promessa de preencher o vazio deixado pelo personagem principal nas quatro primeiras instalações da série, Ragnar Lothbrok (Travis Fimmel), valendo-se de novos e intrigantes personagens e muito mais subtramas e conspirações.

1

O episodio duplo de estreia começa com o funeral de Sigurd (David Lindström), morto por Ivar (Alex Høgh Andersen) ao final da temporada anterior pouco depois da grande vitória viking sobre os saxões e a dominação dos territórios dos reis Ecbert (Linus Roache) e Aelle (Ivan Kaye). Com fins de impedir que um sádico e imprevisível Ivar lidere o exército pagão na sua investida contra os cristãos em território inglês, Ubbe (Jordan Patrick Smith) pede à Bjorn (Alexander Ludwig) que intervenha, mas este já tem plano definido, qual seja, partir em viagem exploratória rumo ao Mediterrâneo. Nesse cenário, Ubbe e Hvitserk (Marco Ilsø) concordam com o plano de Ivar e comandam uma violenta invasão contra York, finalizada com o grotesco assassinato do bispo local pelas mãos do próprio Ivar, bem como a reflexão de Ubbe quanto ao futuro viking nas mãos do irmão caçula, ao passo em que também aparenta demonstrar um certo fascínio pela cultura estrangeira similar ao de Ragnar (Travis Fimmel).

O segmento envolvendo a dominação viking nos territórios saxões finaliza com um último confronto verbal entre Ivar, Ubbe e Hivtserk, no qual os irmãos mais velhos reivindicam liderança tripartite do exército pagão, enquanto Ivar pretende provar à todos ser capaz de fazê-lo sozinho.

2

Decidido à seguir seu destino, Bjorn se separa dos irmãos logo no inicio do episodio de estreia, partindo com Halfdan (Jasper Pääkkönen) para o Mediterrâneo. Harald (Peter Franzén), por seu turno, separa-se amargamente do irmão e decide retornar para Kattegat, onde é obviamente recebido com hostilidade por Lagertha (Katheryn Winnick) por conta de sua tentativa de golpe com fins de tomar seu trono. Aprisionado depois de admitir ter tentado derruba-la, Harald é interrogado pela própria Lagertha, e lhe oferece aliança com fins de protegê-la dos filhos de Aslaug (Alyssa Sutherland). Em troca, ele a pede em casamento. Pouco depois, Lagertha informa considerar a proposta durante um encontro com Torvi (Geogia Hirst) e Astrid (Josefin Asplund), e esta discorda de sua posição. Humilhada, no entanto, Astrid segue sem rumo pelas ruelas de Kattegat e é surpreendida por homens de Harald, que a levam à força à uma embarcação onde o próprio, recém-fugido dos domínios de Lagertha, encontra-se. Ele então revela ainda ter planos de tomar Kattegat à força e fazer dela sua rainha.

3

Desolado pela morte de Helga (Maude Hirst), assassinada por Tanaruz (Sinead Gormally) ao final da temporada anterior, Floki (Gustaf Skarsgård) constrói um barco para uma pessoa apenas e, à despeito da insistência de Ivar para que continue ao seu lado em sua empreitada de dominação do território saxão, decide seguir viagem solo e sem rumo pelos mares. Depois de enfrentar falta de vento, água, comida e sofrer tempestades violentas, ele finalmente chega em terra firme. Ao explorar a ilha supostamente deserta na qual se encontra, ele vê Loki numa cachoeira que parece despejar águas em sentido inverso e acredita estar em Asgard.

4

Depois de escaparem de Wessex durante a invasão viking, Aethelwulf (Moe Dunford), agora rei, bem como Judith (Jennie Jacques), Alfred (Ferdia Walsh-Peelo) e boa parte do povoado e do exército sobrevivente ficam acampados em um assentamento saxão que dispõe de condições básicas mínimas. Ao adoecer e sucumbir à uma intensa febre, Alfred tem uma visão com Athelstan (George Blagden), o qual supostamente lhe revela que ele deve partir para York, onde os vikings estão agora acampados. Ao revelar tal fato à Aethelwulf e à Judith, o grupo parte em viagem rumo à York, e encontra o bispo Heahmund (Jonathan Rhys Meyers) e seus soldados no meio do caminho, os quais também tem planos de confrontar os vikings depois de verem a destruição causada em Wessex.

Pontos Altos do Episódio:

  • Com carisma e presença impar, Ragnar é insubstituível como personagem e força motriz para a série. Contudo, o episódio duplo de estreia da quinta temporada reforça a ideia de que os vikings devem continuar sua saga mesmo sem Ragnar.
  • As intrigas entre os filhos de Ragnar na disputa pela liderança do exército pagão podem ser apenas o inicio de muitos conflitos que ainda estão por vir.
  • Lagertha tem agora duas grandes preocupações: Harald e Ivar. Sem Bjorn e Astrid como as pessoas de maior confiança ao seu lado, e tendo suas decisões questionadas entre seus aliados, a personagem certamente tem um grande desafio pela frente, qual seja, manter-se no trono.
  • Floki é um dos melhores personagens da série. Contudo, melhor do que vê-lo sozinho, é vê-lo fazer parte de um grupo, principalmente se for um grupo composto pelos filhos de Ragnar, em especial Bjorn e Ivar. Assim, embora sua jornada pessoal seja interessante e necessária, espera-se que ele logo volte à companhia dos demais vikings.
  • Bispo Heahmund ainda é um mistério como personagem, mas já confere indícios de que será um forte oponente aos vikings, sobretudo à Ivar, considerando que os dois parecem estar na mesma sintonia no quesito sadismo.

Vikings é transmitida pelo canal History.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s