13 Coisas Séries Vikings

As 13 Coisas que Você (provavelmente) não sabia sobre os Vikings

No próximo dia 29 estreia a nova temporada de Vikings, então que tal descobrir um pouco mais sobre a fascinante cultura e era viking?

1. Um Grupo Específico

43-e1511034567162.jpg

Popularmente usado como o termo para identificar os povos escandinavos nos idos dos anos de 800 à 1066, “viking”, que significa pirata explorador, refere-se unicamente aos desbravadores marítimos que desembarcaram nas ilhas britânicas e nas costas europeias.

2. Limpos e Vaidosos

8356

Os povos vikings levavam a higiene à sério. Escavações em sítios arqueológicos na Escandinávia indicaram a descoberta de pinças, pentes e navalhas. Como se não bastasse, o loiro platinado era sinal de beleza viking, então muitos guerreiros com cabelos escuros costumavam usar um sabão especial que, além de ser indicado para eliminar piolhos, também clareava os cabelos. Por fim, textos da época os descrevem como altos, esbeltos e cobertos por tatuagens.

3. Mulheres com Amplos Direitos

9-e1506903078386.jpg

As mulheres detinham amplos direitos nas sociedades vikings em contrapartida às demais culturas europeias. Mesmo casadas jovens, elas podiam seguir com os homens em viagens exploratórias e ajudar na colonização das cidades conquistadas. Elas podiam ainda herdar terras, administra-las e também gerenciar as finanças familiares, ao passo em que a violência contra a mulher era estritamente proibida.

4. Classes Sociais

33.jpg

As sociedades nórdicas eram compostas por três classes sociais: os jarls, os karls e os thralls. Os jarls eram os chefes ou senhores donos de terras e mercadores com conexões com o rei que possuíam um exército à seu dispor. Karls eram os homens livres, dos quais faziam parte os fazendeiros, os construtores e os donos de propriedades. Se eles eram bem sucedidos, poderiam se tornarem jarls. Thralls eram os escravos, geralmente capturados nas explorações vikings e vendidos no Oriente Médio e na Europa. Eles podiam ser declarados livres por seus proprietários.

5. Navio de Enterro

aslaug25

Quando um viking importante morria, ele era colocado com todas as suas roupas e pertences, mesmo joias, animais e escravos, em uma pequena embarcação que era ou coberta por terra ou incendiada e lançada ao mar.

6. Motivos para as Invasões

8

Não se sabe ao certo as motivações para os vikings no que diz respeito às viagens exploratórias nos idos dos anos de 800, mas a mais provável justificativa seria a de que o imperador Charlemagne teria algum envolvimento ao usar força bruta na conversão dos pagões, culminando no ódio viking contra os cristãos. Outra possibilidade é a de que os outros povos da Europa eram mais abastados no que diz respeito à terra para agricultura, e a Escandinávia estaria passando por um período de fome, ou que eles simplesmente tinham recursos para navegar e o faziam porque queriam.

7. A Primeira Viagem Exploratória

1x02

A primeira incursão viking aconteceu por volta de junho de 793, quando uma pequena frota chegou à costa da Inglaterra e desembarcou na ilha de Lindisfarne, um centro cristão que foi dizimado pelo exército pagão.

8. O Aquecimento Global ajudou as Viagens

7

O período de aquecimento medieval, que durou entre 950 à 1250, aumentando consideravelmente as temperaturas no hemisfério norte permitiu aos vikings atravessar os mares com menos gelo e iniciar colônias em terras distantes, e até mesmo à chegar 500 anos antes de Cristóvão Colombo na América, desembarcando em Terra Nova, no Canadá.

9. Colonizações

2

Os navios vikings desbravaram novos mundos, como a Islândia, descoberta em 830, e cuja capital, Reykjavik foi fundada por vikings. Eles também alcançaram o norte da África, passando por Constantinopla e pela Palestina, bem como atravessaram desertos e chegaram até mesmo ao Iraque. Na Asia, eles foram os principais influenciadores do desenvolvimento da Rússia; e, na Europa, os primeiros colonizadores do território hoje conhecido como Normandia, na França, cujo nome é uma derivação de “Terra dos Nortenhos”. Os vikings foram ainda fundadores de várias outras cidades, como Dublin, Wexford, Cork e Limerick, na Irlanda, Smolensk e Novogorod, na Rússia, e York, na Inglaterra.

10. Tráfico de Escravos

4-ragnaryidu-e1508604429767.jpg

Por conta da extensão das rotas marítimas realizadas pelos vikings, eles tiveram papel fundamental no tráfico de escravos no Oriente Médio e na Europa. A maioria dos escravos vinham de territórios célticos, anglo-saxões e assentamentos eslavos dominados pelos vikings.

11. Berserk

1

Os nórdicos da Idade Média eram conhecidos por irem em batalha em estado de fúria incontrolável, o chamado termo “Berserk”, que significa “mudar de forma”. De fato, eles vestiam mantos feitos com peles de urso e de lobo e guerreavam como animais selvagens. Diz-se que tal estado era induzido por toxinas psicoativas encontradas em cogumelos, ervas, arnica e fortes bebidas alcoólicas.

12. Águia de Sangue

7

A punição mais comum aplicada nas sociedades vikings era o exílio ou banimento, mas a mais infame de todas é a chamada águia de sangue, um ritual que consistia em fazer incisões nas costas da vitima e separar as costelas da coluna vertebral com a posterior remoção dos pulmões, se possível, com o torturado ainda vivo e consciente. Finalmente, sal era polvilhado nas feridas. Diz-se que o ritual seria uma invenção ou uma equivocada interpretação da história viking.

13. Motivos para o fim das Invasões

8-Ragnar

Muitas teorias dão conta de tentar explicar o fim das invasões vikings ao final do século 11. A mais conhecida delas é a cristianização dos povos escandinavos, com a consequente Paz e Trégua de Deus. Outra teoria explica que os assentamentos vikings em lugares como Normandia e Rússia culminaram na assimilação da cultura local pelos descendentes vikings e o fim do desejo em seguir adiante com conquistas ensandecidas. Por fim, há quem diga que o fim da era viking se deu com a morte do último grande herói viking, o rei Harald Hardrada, morto numa invasão na Inglaterra em 1066.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s