Outlander Review Séries

Resumo do episódio #3.08 de Outlander: First Wife

Contrabando, quarto em bordel, assassinos e crime de traição à coroa em nada se comparam ao que Claire (Caitriona Balfe) enfrenta ao retornar à Lallybrock no oitavo episódio da terceira temporada de Outlander.

MV5BODI5NTU2NGItYmZmZC00MDJkLWI3OTctZDNhNzYxYjZmZTE3XkEyXkFqcGdeQXVyNjc5Mjg0NjU@._V1_SY1000_SX1500_AL_

O episódio começa com Claire (Caitriona Balfe), Jamie (Sam Heughan) e o jovem Ian (John Bell) retornando à Lallybrock. Claire não consegue conter a emoção em rever a vila, mas a recepção dos cunhados Jenny (Laura Donnelly) e Ian Murray (Steven Cree) não é exatamente conforme ela esperava. Várias indiretas de alguém que estava viva há vinte anos e jamais voltou para procurar Jamie são lançadas por Jenny, enquanto os sobrinhos, agora crescidos, e em maior número, sequer sabem quem é a pessoa com quem o tio chegou de Edimburgo. Hostilizada, Claire tenta se esclarecer com Jenny, mas nada do que diz parece melhorar a situação.

Tudo fica ainda pior quando Claire e Jamie são flagrados em momento íntimo por duas garotas estranhas, Marsali (Lauren Lyle) e Joan (Layla Burns), que chamam Jamie de pai. O ponto alto da chocante descoberta por Claire fica por conta da revelação da mãe das meninas, que entra em cena logo depois delas, Laoghaire (Nell Hudson). Ao ver Jamie com Claire, ela simplesmente age enlouquecidamente como na primeira temporada, acusando Claire de bruxa e de roubar Jamie dela, apontando que é agora sua esposa. Desesperado, Jamie tenta, porém sem muito êxito, remediar a situação, e Laoghaire vai embora seguida das filhas. Jamie vai atrás delas e tenta explicar à Joan quem é Claire, e que seu casamento com Laoghaire acabou, mas que ele sempre vai cuidar dela e de Marsali.

MV5BMTczMDc0MzgtNzMzNS00M2EyLTkyOWUtOTdmNmQ5NjJkNTQ4XkEyXkFqcGdeQXVyNjc5Mjg0NjU@._V1_SY1000_SX1500_AL_

Pouco depois, Jamie retorna ao quarto para encontrar Claire arrumando suas coisas. Furiosa, ela está decidida à ir embora. Jamie tenta impedi-la, mas ela o acusa de mentir, lembrando-o que se ele havia mencionado a existência de Willie (Clark Butler), deveria então revelar a existência das meninas e do casamento com Laoghaire. Jamie se defende, apontando não ser o pai biológico de Marsali e Joan, e que temia perdê-la novamente caso ela soubesse a verdade, mas Claire não se convence, e ambos começam à se acusar mutuamente pelos vinte anos que ficaram longes um do outro, numa adaptação perfeita da briga que tem em O Resgate no Mar. Num dado momento, no entanto, Jamie toma Claire à força, e os dois começam à fazer amor, mas são interrompidos por Jenny, que joga água fria em ambos.

Quando descobre que Jenny pediu à empregada para contar à Laoghaire que Jamie estava de volta, culminando no flagrante, Claire já não tem mais duvidas de que não deveria ter voltado para o passado, mesmo depois de admitir à Jenny que estava casada na América e que descobriu por acidente que Jamie estava vivo. Na manhã seguinte, Jamie impede Claire de ir embora, e os dois são surpreendidos por Laoghaire, agora armada. Disposta à atirar em Claire, Laoghaire continua a acusa-la de roubar Jamie, e ele é baleado no ombro. Diferentemente do que acontece no livro, Claire não precisou ser procurada pelo jovem Ian para retornar à Lallybrock e salvar Jamie. Valendo-se de seus utensílios médicos do século XX, ela remove os estilhaços do projétil, e imobiliza o ombro de Jamie. Depois, mais uma vez ela o pressiona a falar sobre o que o moveu à se casar com Laoghaire.

Tal como no livro, ele explica que se viu movido por Jenny em seguir em frente depois que retornou da Inglaterra, e também tocado pela situação de Marsali e Joan, órfãs de pai. Finalmente, ele revela que o casamento com Laoghaire foi um desastre, motivo pelo qual ele partiu para Edimburgo. Claire finalmente compreende que o casamento com Laoghaire não passou de um momento de compaixão de Jamie, e ao constatar que ele está ardendo em febre, usa a penicilina que trouxe do século XX.

MV5BYTMwMGI1NTctOTJlNy00NTY1LTk3NzctMzMwMzAzOGU5NDZiXkEyXkFqcGdeQXVyNjc5Mjg0NjU@._V1_SY1000_SX1500_AL_

Enquanto Jamie se recupera, Claire e Jenny conversam. Claire explica que não podia ter voltado da América para procurar Jamie, pois achava que ele estava morto. Finalmente, ela pede uma segunda chance, e Jenny parece então aceita-la novamente.

Pouco depois, Ned Gowan (Bill Paterson) aparece em Lallybrock. Claire fica emocionada ao revê-lo, e ele explica estar ali como advogado de Laoghaire, e que tem uma solução para o caso de Jamie. Numa conversa entre Jamie, Claire e Ned, este explica que Laoghaire quer uma compensação pelo adultério, ainda que o segundo casamento de Jamie possa ser anulado em razão do primeiro ainda estar validado. Claire argumenta que Laoghaire tentou mata-lo com um tiro, e Ned informa que ela pode ser acusada por tentativa de assassinato, e que sua punição será ser enviada às colônias. Jamie fica preocupado com o bem-estar de Joan e Marsali, e decide aceitar o acordo.

Decidido à pagar a quantia exigida por Laoghaire e retomar a vida com Claire, Jamie decide usar o tesouro que encontrou na exata localização indicada por Duncan Kerr (Murray McArthur) em All Debts Paid. Contudo, para chegar até ele, é preciso atravessar à nado o mar até uma pequena ilha, o que ele não tem condições de fazer com o ombro ferido. Nisso, o jovem Ian imediatamente se voluntaria para ajudar, mas Jenny se opõe. Jamie intervém, informando que tem planos de ir à França, e que a mudança de ares fará bem ao sobrinho rebelde, prometendo cuidar dele. Jenny finalmente concorda, e Jamie, Claire e o jovem Ian partem então à busca do tesouro que pode conferir liberdade ao casal Fraser no que diz respeito à Laoghaire. Contudo, o jovem Ian acaba sendo capturado por piratas, o que culminará no Resgate no Mar propriamente dito, e que é o grande mote da temporada nos próximos episódios.

Pontos Altos do Episódio:

  • A descoberta por Claire do casamento de Jamie com Laoghaire. Adaptação felizmente mais estreita e com poucas alterações do que se passa em O Resgate no Mar, o momento foi sem sombra de duvidas o mais esperado da temporada, depois, obviamente, do reencontro entre Claire e Jamie.
  • A interação de Ian com Claire, ao ser o único sobrinho que a chama de tia talvez por admirar sua coragem e impetuosidade, mas principalmente por talvez ser o único à enxergar a felicidade de Jamie ao lado dela.
  • Jenny como a bruxa má no episódio. Ela não apenas trata Claire mal sem qualquer justificativa e repreende Ian desnecessariamente, como também joga água fria em Claire e Jamie num momento ápice. Lamentável, Jenny.
  • Felizmente não temos a cena do livro em que Jamie pune o jovem Ian com cintadas à pedido de Jenny e Ian depois de informa-los que se considera um pai para o sobrinho.
  • O rapto de Ian pelos piratas. Agora é Claire, Jamie, Fergus e a tripulação do Artemis para sair em busca do garoto. Esperemos que Jamie não tenha constantes enjoos de mar como no livro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s