Review do episódio #5.04 de The Walking Dead

the-walking-dead-episode-504-beth-kinney-935-2(1)

The Walking Dead segue com seu quarto episódio em continuação a Four Walls and a Roof, e finalmente descobrimos o paradeiro da personagem Beth (Emily Kinney), desaparecida desde o capítulo Alone, da quarta temporada.

O teaser mostra Beth acordando com um enorme ferimento no rosto e no braço. Ela está no leito de um hospital em Atlanta. De repente, duas pessoas entram no quarto, uma policial uniformizada, Dawn Lerner (Christine Woods), e um médico, Steven Edwards (Erik Jensen). Eles são muito profissionais com ela, explicando a extensão dos ferimentos, ao que Beth pergunta sobre Daryl (Norman Reedus), que estava com ela, e Dawn diz que ela estava sozinha quando a encontraram, e que como a salvaram, ela lhes deve o favor.

Mais tarde, Beth conhece o hospital ao fazer um tour com Steven. Ela descobre vários pacientes sendo tratados e ligados à máquinas que continuam a operar com auxílio de baterias. Os corredores são desertos e limpos, e há vários policiais que controlam o lugar sob as ordens de Dawn. Steven explica que há várias pessoas ali, e que todos tem tarefas. Ele então lhe mostra como são despachados os doentes mortos antes de serem apunhalados na cabeça, ao atirar um corpo pelo poço de um elevador. Na cafeteria, Beth conhece Gorman (Ricky Wayne), um dos policiais. Ele flerta com ela, enfatizando que nada ali é de graça, e que todos tem que pagar um preço por tudo o que consomem.

No escritório de Steven, Beth e ele dividem o almoço, e ela promete não contar a Dawn ou Gorman que ele a deixou comer, quando então chega um novo enfermo. Dawn insiste para que Steven o salve, mas o médico informa que não há muito o que fazer, e que eles devem poupar os recursos que tem com os enfermos potencialmente aptos a serem salvos. Dawn é intransigente, e o enfermo morre. Steven então o apunhala na cabeça para que ele não se transforme, e Dawn se vira para esbofetear Beth, fazendo-a sangrar.

Steven troca os pontos do ferimento no rosto de Beth, a qual tenta argumentar com ele sua submissão em relação a Dawn, e um novo ferido é transportado para dentro do hospital, uma mulher, Amber (Keisha Castle-Hughes), com uma mordida no braço. Steven informa que terá que amputar o membro, e Dawn obriga Beth a ajudá-lo.

Mais tarde, Beth conhece Noah (Tyler James Williams), o qual realiza várias tarefas no hospital, como cuidar das roupas e limpar o chão. Ele explica que está ali há um ano, e que está tentando escapar para reencontrar sua família na Virginia. Dawn chama Beth numa sala para uma conversa privada, e revela que sua função é manter a ordem e proteger os sobreviventes até que tenham ajuda.

Beth está em seu quarto, quando nota que o pirulito que Noah lhe deu desapareceu. Gorman aparece com o doce e deixa clara sua intenção, mas Steven interfere e ordena que o policial a deixe em paz. Os dois discutem, e Gorman sai de cena quando Dawn aparece. É então que Beth finalmente questiona o médico sobre ele jamais ter deixado o lugar ao invés de se submeter à Dawn. Steven então a leva até o porão, e mostra que as ruas estão infestadas por walkers, e é esse o motivo pelo qual jamais deixou o hospital.

Após levá-la ao terraço do prédio e enfatizar que não há muitas expectativas do lado de fora, Steven pede a Beth para dar uma injeção num paciente. Ela o faz, mas o paciente começa a ter convulsões. Noah aparece e vê tudo, até que o paciente morre. Dawn os surpreende, e fica furiosa com Beth, mas Noah mente ao dizer que foi o responsável pelo incidente ao desligar a máquina sem querer. Dawn o leva para uma sala e o espanca. Beth tenta intervir, mas Steven a impede. Dawn novamente fala em particular com Beth, e diz que ela é um fardo para todos e que não é forte o bastante. Ao final, a policial aponta que sua única tarefa é manter os policiais contentes como forma de retribuição.

Mais tarde, Beth conspira com Noah uma forma de escaparem. Ela vai até a sala de Dawn para roubar a chave, e encontra Amber morta no chão atrás da mesa, no que parece ter sido um suicídio. Gorman entra na sala e vê Beth. Ele fecha a porta e avança sexualmente sobre ela sem notar o cadáver de Amber, que acorda transformada. Beth o joga contra a errante, que afunda os dentes em seu pescoço, devorando-o.

Beth pega a arma de Gorman e segue pelos corredores até encontrar Noah, não sem antes passar por Dawn, que a interpela. Beth aponta que Gorman quer falar com ela em sua sala, e na primeira oportunidade, Beth e Noah escapam pelo poço do elevador. Noah machuca a perna, e vários walkers aparecem. Beth consegue despachar todos com a arma de Gorman, e os dois finalmente saem para o pátio. Enquanto Noah corre na frente, Beth atira nos vários walkers que aparecem. Dois policiais aparecem logo atrás dela, e embora Noah consiga escapar, Beth é novamente capturada, mas sorri ao ver o novo amigo desaparecer para longe.

De volta ao escritório de Dawn, Beth explica que Gorman a atacou, e que ela apenas se defendeu. Beth então grita com a policial, apontando que ela sabe muito bem das irregularidades que acontecem ali, e nada faz para impedir. Finalmente, ela revela que jamais terão ajuda, pois não há mais nada do lado de fora, e que todos ali irão morrer se continuarem como estão. Dawn pega um porta-retrato sobre a mesa, e bate no rosto de Beth.

Na última cena, Beth é novamente tratada por Steven, e agora tem outro enorme ferimento no rosto. Ela então revela saber o que está acontecendo ali, e que ele a instruiu a dar o medicamento errado para o paciente que morreu. Steven admite que o paciente era médico, e que não poderia permitir mais um médico ali, pois seria imediatamente despachado por Dawn, e deixaria de ter proteção especial. Um novo ferido é anunciado no corredor, e Steven sai para atendê-lo, ao que Beth se arma de um bisturi para matá-lo. Contudo, ela vê a maca se aproximar, e reconhece Carol (Melissa McBride), que está inconsciente, e o episódio termina.

Com um novo perigo agora representado pela autoritária e intransigente Dawn, a qual não chega nem aos pés do Governador (David Morrissey), de Gareth (Andrew J. West), ou de qualquer outro sobrevivente do apocalipse zumbi e que ainda dará muito trabalho para o grupo de Rick (Andrew Lincoln) na série, a primeira parte da temporada finalmente ganha forma. Com o que parece ser a trama de resgate, não apenas de Beth, como também de Carol – que não precisa de muito para se defender e arruinar um grupo inteiro – tudo indica que haverá novos conflitos pela frente, muito mais tensos do que qualquer confronto com uma horda de walkers famintos. Afinal, Rick e seus aliados remanescentes na Igreja de Gabriel (Seth Gilliam), não parecem mais dispostos a deixar por menos quando o assunto é salvar um dos seus, e a julgar pelo misterioso viajante que parece estar acompanhado de Daryl ao final de Four Walls and a Roof, e que pode muito bem ser Noah, o grupo já terá as pistas de como encontrar Beth e Carol. Embora tenhamos um bom embate pela frente, no qual o grupo de Dawn por si só já se encontra em desvantagem, ficam ainda abertas as possibilidades para uma subtrama paralela envolvendo o grupo liderado por Abraham (Michael Cudlitz), Eugene (Josh McDermitt) e Glenn (Steven Yeun), bem como como os vários desenlaces para seu reencontro final com Rick e os demais.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios