Review do episódio #1.07 de Gotham

gotham-penguins-umbrella_article_story_large

Penguin’s Umbrella é o grande divisor de águas em Gotham ao finalmente trazer à tona a verdade sobre o homicídio simulado de Oswald Copplepot (Robin Lord Taylor) por Gordon (Ben McKenzie), bem como no que se refere à revelação do grande plano do Pinguim.

O episódio começa a partir da última cena de Spirit of the Goat. Após ser surpreendido por Montoya (Victoria Cartagena) e Allen (Andrew Stewart-Jones) com um mandado de prisão pela morte de Coppelpot na própria delegacia, Gordon, e todo o departamento, é tomado de assalto com a inesperada aparição do suposto morto quando Pinguim dá as caras. Revelado o falso assassinato de Copplepot, Gordon acaba se livrando da acusação, mas tem sua segurança comprometida, já que descumpriu a ordem dada por Falcone (John Doman). Sentindo-se traído, Bullock (Donal Logue) parte para cima do parceiro, mas Essen (Zabryna Guevara) os separa.

No submundo, as coisas não poderiam estar melhores para Pinguim. Fish Mooney (Jada Pinkett Smith) quer sua cabeça e a de Gordon a todo e qualquer custo, e vai até Falcone para fazer valer sua pretensão. Este, porém, recusa-se a atender seu pedido, alegando ser Pinguim insignificante. Maroni (David Zayas), por seu turno, não quer abrir mão de Pinguim quando confrontado por Mooney. Após uma emboscada na qual o braço direito de Maroni, Carbone (Danny Mastrogiorgio), é friamente morto pelas mãos de Pinguim, as duas famílias encerram a guerra, e Mooney se vê em desvantagem ao não conseguir pôr as mãos em Copplepot e ter seu amante e aliado também assassinado.

Sabendo que está na mira da Falcone, Gordon manda Barbara (Erin Richards) para fora da cidade. Mais tarde, ele volta à delegacia, e sem o apoio dos colegas policiais, é confrontado por Victor (Anthony Carrigan), um perigoso assassino enviado por Falcone. Um tiroteio acontece, e Gordon é ferido, mas antes que as coisas fiquem mais complicadas, ele é resgatado por Montoya e Allen. Após ser clandestinamente tratado por uma médica amiga de Montoya num centro universitário, Gordon vai até a mansão Wayne para ratificar sua promessa ao jovem Bruce (David Mazouz) de que encontrará os assassinos de seus pais, e apresentar Montoya e Allen como seus sucessores caso não sobreviva.

Bullock se reúne a Gordon e os dois partem, no melhor estilo Os Intocáveis, para prender o Prefeito James (Richard Kind) e Falcone. No meio processo, quando o prefeito já está algemado e os detetives estão na mansão do mafioso para prendê-lo, este ameaça a vida de Barbara. Sem provas de que ela voltou à cidade, Gordon desiste de levá-lo preso, e a noiva aparece, escoltada por Victor. Ela inadvertidamente retornou a Gotham para suplicar a Falcone pela vida de Gordon. Finalmente, Falcone poupa a vida dos dois detetives, informando serem eles muito valiosos para a cidade, e alerta Gordon de que ele não é o grande inimigo como verá adiante.

Na última cena do episódio, Falcone está com Liza (Makenzie Leigh) na cozinha de sua mansão, e vai até o galinheiro, ao que é surpreendido por Pinguim. Os dois então se abraçam, e é revelado, em flashback, que Copplepot pediu a Falcone, no episódio piloto, que ordenasse a Gordon sua própria execução, sabendo que o detetive não o faria devido à sua conduta ilibada, tudo sob o pretexto de que voltaria à cidade com outra identidade para se infiltrar na família da Maroni e atuar como seu informante e em troca da revelação da conspiração de Mooney para colocar seu amante como chefe no lugar de Falcone e assim controlar o submundo.

Com o desate dos segredos referentes às intenções de Copplepot, da queda de Mooney em sua estratégia principal para a derrocada de Falcone, e da redenção de Gordon frente às insistentes acusações de Montoya e suspeitas de Barbara, os próximos episódios prometem no que diz respeito à introdução de novas subtramas e eventuais novos personagens, ao mesmo tempo em que vinganças são armadas e referências ao universo do Homem Morcego complementam a história.

Deixe um Comentário