Review do episódio #4.05 de Game of Thrones

arya

The First of His Name tem início na Capital, com a coroação de Tommen Baratheon (Dean-Charles Chapman). Após a cerimônia, enquanto saudado, ele sorri para Margaery Tyrell (Natalie Dormer), que o observa de longe. Cersei (Lena Headey) percebe, e vai até ela. Para quebrar o gelo, Margaery aponta que Tommen nasceu para ser rei, e Cersei pergunta se ela ainda está de luto por Joffrey (Jack Gleeson), ao que ela responde que sim, uma vez que ele era seu marido e rei. Cersei diz que Tommen será o melhor governante dos últimos 50 anos, e que precisa de alguém ao seu lado, e pergunta se Margaery ainda quer ser rainha. Ela mente que não pensou a respeito, mas que seria uma honra. Ao final, ela lembra que haverá outro casamento, e Cersei parece não se importar em ser chamada de mãe pela futura rainha.

daenerysDo outro lado do mar Narrow, Barristan (Ian McElhinney) e Jorah (Iain Glen) informam Daenerys (Emilia Clarke) sobre a morte do rei Joffrey, e que Daario (Michiel Huisman) tomou uma frota real. Daenerys aponta que não o ordenou a fazer isso, e ele diz que ouviu dizer que ela gostava de navios, e que conseguiu 93 deles. Eles concluem que a quantidade é suficiente para conquistar a capital, mas não para dominar toda a Westeros. É informado, ainda, que em Yunkai foi restabelecido o controle dos mestres sobre os escravos que ficaram e que, em Astapol, um homem se declarou imperador. Daenerys manda que todos saiam, exceto Jorah. Ela então lhe diz que a libertação dos escravos não saiu conforme planejado, e que antes de partir para a conquista de Westeros, terá que governar a baía dos escravos a fim de ganhar respeito e notoriedade.

Em Eyrie, Littlefinger (Aidan Gillen) e Sansa (Sophie Turner) chegam ao palácio de Lysa Arryn (Kate Dickie). Sansa é apresentada a todos como sendo a sobrinha de Littlefinger, Alayne. Ao chegar à sala do trono, Lysa a reconhece, e a recepciona de forma agradável. Robin (Lino Facioli) é mimado por Littlefinger, que lhe dá um presente, o qual é atirado pela janela da lua logo após o garoto mencionar o quanto queria ver Tyrion (Peter Dinklage) morto. Sansa confirma à sua tia que não foi violada pelo marido.

littlefingerApós, sozinhos, Lysa e Littlefinger falam do casamento, e fica claro que os dois são amantes de longa data. Lysa relembra de quando foi instruída por ele a envenenar seu marido, Jon Arryn (John Standing), revelando o envolvimento de ambos na trama elaborada que culminou na investigação e na investida de Ned Stark (Sean Bean) contra os Lannisters e sua posterior execução. Ele então a silencia com um beijo e concorda em casarem-se naquela mesma noite.

Na capital, Cersei concorda com Tywin (Charles Dance) que Tommen e Margeary devem se casar, mas que devem esperar o momento apropriado, e que seu casamento com Loras (Finn Jones) deverá ocorrer logo em seguida. Ela aceita que a aliança com os Tyrell é o melhor para todos, e Tywin lembra principalmente da questão financeira, uma vez que os Lannister devem uma alta quantia em dinheiro ao Banco de Ferro. Eles falam rapidamente do julgamento de Tyrion, e Cersei aponta que o irmão deve iluminar o futuro da família no fogo, mas Tywin revela não poder discutir sobre o julgamento com ela, embora dê a entender que concorda com seu posicionamento.

cerseiEm algum lugar, Arya (Maisie Williams) recita o nome de todos aqueles que deseja matar para vingar sua família, e Sandor «Cão» Clegane (Rory McCann) a manda se calar. Ele então informa que se ambos cruzarem com seu irmão, Gregor «Montanha» Clegane (Hafþór Júlíus Björnsson), será um nome a menos na lista. Ele então pede que ela termine de dizer os nomes e vá dormir. Arya finaliza a relação dizendo seu nome.

Em Eyrie, Lysa oferece um doce de laranjas a Sansa, informando ser o favorito de Catelyn (Michelle Fairley). As duas relembram a falecida senhora Stark, e a conversa agradável ganha contornos mais mórbidos quando Lysa aponta o quanto Littlefinger parece se importar com Sansa, quase tanto quanto se importava com Catelyn. Lysa espreme Sansa para que revele se está envolvida amorosamente com Littlefinger ou se está grávida, apertando seus dedos, e a menina chora informando que ainda é virgem e que é uma péssima mentirosa. Lysa então se dá por convencida e a abraça. Ela então lhe diz para não se preocupar, uma vez que Tyrion logo será executado pelos Lannisters e que ela se casará com seu filho Robin, tornando-se a senhora do Vale.

No caminho para o norte, Brienne (Gwendoline Christie) está visivelmente irritada com seu companheiro de viagem, Podrick (Daniel Portman), e informa que o libera de sua missão, podendo partir quando bem entender, mas ele se recusa em deixá-la.

arya+needleNa manhã seguinte, Clegane não encontra Arya no acampamento, e a procura por toda parte. Ele então a encontra próximo a um riacho, praticando os golpes aprendidos com Syrio Forel (Miltos Yerolemou), espadachim contratado por Ned Stark logo que chegaram à capital. Clegane tira sarro do estilo, informando que ela está dançando, e não lutando. Ele então a desafia para mostrar o que aprendeu, e a desarma e a atira ao chão. Clegane explica que seu professor está morto porque estava sem armadura e sem uma espada maior.

Na capital, Cersei encontra com Oberyn (Pedro Pascal). Ele está escrevendo um poema, e os dois dão uma volta nos jardins. Ele fala de suas oito filhas, e da mais problemática delas, Elia. Cersei aponta a impotencialidade de pessoas como eles diante da morte de entes queridos ao lembrar a morte de Elia na Rebelião de Baratheon contra os Targaryen e de Joffrey no casamento real. Ela então aponta que todos podem ter sua vingança, e que tem a certeza de que Tyrion matou seu filho. Ao final, ela pergunta sobre Myrcella (Aimee Richardson), e Oberyn informa que a menina está feliz e bem em Dorne. Cersei diz que gostaria de acreditar nisso, e ele lhe diz que todas as meninas são bem tratadas em sua terra, mas Cersei acredita que todas as meninas são mal tratadas por todo o reino. Ela então lhe pede para enviar um presente e um recado seu à filha. Oberyn concorda em fazê-lo.

Podrick tenta infrutiferamente assar um coelho, e Brienne tenta entender como ele chegou a servir Tyrion. Ele então explica os pequenos afazeres que cumpria e, ao final, revela que o salvou na batalha de Blackwater, matando um guarda real. Impressionada, Brienne parece finalmente aceitá-lo, e o deixa até mesmo ajudá-la com sua armadura.

branNa fortaleza de Craster, Locke (Noah Taylor), espião de Roose Bolton (Michael McElhatton) infiltrado como recruta nos patrulheiros da noite, observa os motineiros. Amarrados numa cabana, Jojen Reed (Thomas Brodie-Sangster) vê a árvore vermelha que está nos pensamentos de Bran (Isaac Hempstead Wright), e o informa que ele o está esperando, e que ali não é o fim de sua jornada e que nada pode atrasá-la.

Locke retorna para junto dos patrulheiros liderados por Jon Snow (Kit Harington) e reunidos na floresta, e informa ter visto cerca de onze homens nos domínios de Craster, e que todos estão embriagados demais para um confronto. Ele aponta a existência de cães acorrentados numa cabana, omitindo o fato de ter visto Bran aprisionado. Snow informa que eles irão atacar ao entardecer.

Mais tarde, Karl (Burn Gorman) aparece com outros homens na cabana onde estão aprisionados Bran, Jojen, Meera (Ellie Kendrick) e Hodor (Kristian Nairn). Eles amarram Meera e se preparam para estuprá-la. Jojen tenta dissuadi-lo, informando ser útil a ele, uma vez que pode prever o futuro. Karl o desafia a prever o que irá acontecer com Meera, e Jojen lhe diz que o viu morto e queimado.

De repente, os patrulheiros liderados por Jon Snow chegam e começam o ataque. Locke entra na cabana onde Bran está aprisionado e o desamarra, ameaçando-o e o levando pela floresta. Bran usa sua habilidade warg para entrar na mente de Hodor, que se liberta de suas amarras e os persegue pela floresta, onde agarra Locke pelo pescoço e o estrangula até a morte. Bran então ordena que ele liberte Jojen e Meera, e embora seu desejo seja o de se reunir ao irmão enquanto o vê lutar com os motineiros, Jojen explica que se ele se reunir com Jon Snow, ele o levará para o Castelo Negro, afastando-o de sua missão de encontrar o corvo com três olhos. Relutante, Bran concorda em continuar sua jornada.

Jon Snow e os demais patrulheiros matam todos os motineiros, exceto Rast (Luke Barnes), que foge pela floresta, mas acaba sendo atacado por Ghost, que vai até o encontro de Jon. Ele convida as mulheres de Craster a ir com eles até o Castelo Negro para serem direcionadas, uma vez que a cabana está na rota dos homens de Mance Rayder (Ciarán Hinds), mas elas informam que encontrarão seu próprio caminho. A fortaleza Craster é então consumida pelas chamas, e o episódio acaba.

The First of His Name surge como novo divisor de águas para Game of Thrones, na medida em que não apenas Westeros tem agora e oficialmente um novo rei, muito mais estável e manipulável, diga-se de passagem, como também temos Daenerys decidida a interromper seus planos de conquista do trono de ferro até finalmente conquistar respeito e poderio ainda maior para a tomada de todo o reino.

No plano das conspirações, fica claro o desfecho para Tyrion caso ele não consiga escapar do julgamento e da pena capital que lhe será imposta nos episódios vindouros, enquanto Margaery finalmente tem a aprovação de Cersei para se tornar rainha, exatamente como sempre sonhou, e Sansa, mais uma vez envolvida nas armações de Littlefinger, se vê novamente em péssima situação agora sob o teto de sua enlouquecida tia, a qual a torna noiva de seu igualmente perturbado filho, o que provavelmente a faz considerar o fato de que estar casada com Tyrion não era algo tão horrível.

Enquanto isso, em campo aberto, temos os perigos a que Brienne e Podrick estarão expostos em sua busca pelas filhas de Ned e Catelyn Stark, enquanto Arya descobre que ainda tem muito a aprender e Clegane lhe confere uma visão mais dura da realidade, ao passo em que Bran aprende cada vez mais a fazer concessões para dar continuidade à sua saga com os irmãos Reed. E se a ameaça dos homens de Mance Rayder parece uma algo cada vez menos significante, podemos ter a certeza de que as coisas podem na verdade piorar para o lado de Jon Snow no desfecho da temporada.

Anúncios

Deixe um Comentário

Anúncios
Anúncios